Abençoados e Amaldiçoados por ZAZKAZELL

Abençoados e Amaldiçoados por ZAZKAZELLPT

Seiyker  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
36Capítulos
524leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Um serial killer faz várias vítimas de jeito que nenhum policial já tinha visto antes. Em uma jornada onde várias pessoas são abençoadas e amaldiçoadas por uma palavra exótica e tóxica, as consequências são inevitáveis e nem o mais qualificado dos cientistas tem uma explicação plausível para descrever o indescritível. Desde Chesterfield na Carolina do Sul, até inúmeras cidades pelo mundo, um amor nascente pode ser transformado em sofrimento e ódio. Do bombeiro voluntário ao agente secreto, todos fazem parte de um antigo legado de violência e inteligência de uma criatura que existe entre mundos e dimensões. Chamado de espírito diabólico ou alienígena interdimensional. A corrupção dele infecta o mais bondoso dos homens. A crueldade dele enlouquece gente de bom coração. Não existe perdão ou redenção para aqueles terríveis miseráveis que cruzam o seu destino com ZAZKAZELL.

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
36 chapters
Prólogo
       🇺🇲 DETROIT, ESTADO DO MICHIGAN. 1994.A polícia estava muito perto de prender um misterioso serial killer. Conhecido como " Assassino da letra Z, ou Killer Z".O seu padrão de vítimas era altamente aleatório e tinha algo em comum nos crimes. A letra Z marcada na testa e o fato bizarro; não existia sangue nos corpos e nem sinais que pudessem indicar como o sangue foi removido. Killer Z era procurado em outros estados; Illinois e Ohio por 4 homicídios e agressões diversas. Os médicos legistas não tinham uma explicação para a causa exata das mortes das vítimas. O fato curioso é que a primeira ocorrência criminal de Killer Z aconteceu depois de um grande blackout em Chicago. Uma tempestade repentina castigou a cidade e um gigantesco raio dourado caiu na zona sul da metropolitano da região e a corrente energética ficou na nuvem/solo por quase três minutos , como se fosse uma transferência muito grande de energia. Novas informações anônimas levaram a pol
Ler mais
Capítulo I
     🇺🇲 Estado da Carolina do Sul, 1996.Aquela seria considerada uma das tempestades mais violentas da históriado estado. Dois corvos voavam muito baixo para não serem atingidos por uma descarga elétrica. As aves pousaram num telhado de uma casa antiga que ficava nas margens de uma estrada. Seu amigo lhe deu novas instruções. Era hora de agir novamente e o alvo delas achava-se naquela região. Alguns cidadãos mais supersticiosos consideraram a tempestade um mau presságio. Os corvos entraram numa fresta do telhado e se abrigaram lá dentro. No total, seis tornados seriam visto tocando o chão naquela tarde naquela parte da Carolina do Sul, destruindo várias casas. Linhas telefônicas caíram nas rodovias, milhares de árvores tombaram, enchentes- relâmpagos varreram as margens de três importantes rios e vidas mudaram para sempre devido a um golpe da natureza.Tudo começou muito rápido. Num minuto estava nublado e escuro,m
Ler mais
Capítulo II
Nick Libâneo, passou os últimos dois anos com terríveis lembranças de Detroit. Os suicídios forçados de seus colegas o assombram todas as noites. Sua experiência como policial em uma cidade grande o credenciou para se tornar xerife em Chesterfield. O homem vive uma vida cheia de frustração e medo atualmente. Ele continua solteiro e rejeita qualquer mulher que tente se aproximar. Para dormir a noite só a base de tranquilizantes fortes. ZAZKAZELL vive em seus pensamentos 24 horas por dia. Nesses anos, Libâneo passou a estudar fenômenos sobrenaturais e casos que não foram solucionados nesse período, queria uma evidência do retorno do serial killer do Z. Isso nunca aconteceu até aquela noite terrível de tempestade.Cinco minutos após, enquanto Steve e os outros mapeavam o padrão de busca, maís cinco homens chegaram para ajudar. Era tudo que Chesterfield podia ceder. Raios haviam provocado quatro grandes incêndios, e as linhas elétricas caídas ainda causava empecilhos.
Ler mais
Capítulo III
Chesterfield ,Condado de Chesterfield,🇺🇸 Estado da Carolina do Sul, 1996.No distrito de polícia tudo corria tranquilo após a ocorrência envolvendo Roy Parker. Nick Libâneo estava no escritório do xerife, revisando uns arquivos, quando a sua assistente entrou: - Com licença xerife. - disse a moça parada na porta.- Sim. Pode falar ,Carolyn. - Tem um cara que quer falar com você.- Hum. Não é uma ocorrência?- Acho que não. Ele foi o seu nome e disse que é seu amigo antigo. - falou a assistente já entrando no cômodo.- Certo então. Esse sujeito tem falou o nome dele?- Sim. É um nome diferentão. Acho que é Kazell ou Kazin.Ao escutar o primeiro nome, o policial ficou perturbado, pálido e com uma expressão seria no rosto.- Passe a ligação imediatamente fazendo o favor.Ler mais
Capítulo IV
Chesterfield, Condado de Chesterfield, Estado da Carolina do Sul 🇺🇸 1996.Em sua casa, Nick Libâneo olhava os jornais em busca de novos crimes envolvendo Killer Z. Nestes quase 2 anos e meio, só houveram copiadores do assassino sobrenatural. E entre eles, um imigrante turco chamado Kazell Zazkaz preso em Los Angeles por um duplo homicídio de prostitutas, o mesmo marcou as testas das mulheres com a letra Z. Daí veio o nome usado na ligação no distrito policial. O misterioso suspeito usou a nomenclatura de " discípulo". O xerife entrou em contato com Instituto de atividades extraterrestres e Óvnis (IAEO) que fica em Chicago no estado de Illinois—Afinal foi lá que tudo aconteceu, a série de crimes que se prolongou até Detroit. O FBI assumiu as investigações do caso e tudo estava em segredo judicial. Nick não podia contar a ninguém que o homicida retornou as atividades . Zara e Azra o observava pela beirada da janela e tinha uma conexão direta com o criminoso. Uma r
Ler mais
Capítulo V
    Chesterfield, Condado de Chesterfield Estado da Carolina do Sul. 1996.  O domingo estava misericordiosamente mais fresco do que a véspera, e a brisa de fim de tarde havia aumentado. Ashley saiu para a varanda no momento em que Steve chegou à entrada de veículos. No caminho ele viu um Camaro SS preto parado no início da rua.Ela esperava não estar parecendo tão nervosa quanto se sentia. Era seu primeiro encontro em uma eternidade. Certo, Roy estaria com eles, e não era tecnicamente um encontro de verdade, mas mesmo assim parecia.— Boa noite— disse ele.— Espero não estar atrasado.— Não, de jeito nenhum. Chegou bem na hora.— Ouá , Steive — gritou o garotinho.  Lakkan manteve a porta da caminhonete aberta para ele e o ajudou a subir no momento exato que que viu o Chevrolet escuro passar por ali, Jaker sabia onde tinha que ir ( tinha informações privilegiadas fornecidas diretamente de seu amigo sobrenatural.)—
Ler mais
Capítulo VI
  Chesterfield, Condado de Chesterfield Estado da Carolina do Sul, 1996.   Sete noites depois, Steve estava em sua cozinha, fazendo anotações, quando recebeu uma ligação um telefonema. Um acidente na ponte, entre um caminhão tanque cheio de gasolina e um automóvel. Pegando as chaves, saiu pouco depois; dentro de cinco minutos ele era um dos primeiros a chegar no local. O tráfico achava-se interrompido nós dois lados da ponte.  A cabine da carreta tinha rolado sobre sobre a parte de trás de um Toyota Camry, esmagando totalmente a traseira do sedã. Segundo se soube, o motorista do veículo pesado havia travado as rodas só pisar no freio, e o caminhão deu um cavalo de pau, atravessando as duas pistas e bloqueando os dois sentidos. O carro, preso sob a frente da cabine, pendia precariamente da ponte como num trampolim. Seu teto tinha rasgado. A única coisa que o impedia de cair no rio, mais de seis metros abaixo, era o peso da cabine. O mo
Ler mais
Capítulo VII
Penitenciária Estadual de San Quentin, Estado da Califórnia. Sentado no primeiro banco da frente do ônibus de transporte de prisioneiros, Kazell Zazkaz olhava para a janela enquanto mais presos embarcavam. O homicida iria para mais uma audiência no Fórum de San Rafael devido ao duplo homicídio que cometeu a pouco meses atrás, Sabina Fitzgerald e Amanda Seiyfield eram as vítimas. Alguns minutos, ulteriormente o ônibus foi totalmente completado com o número designado de passageiros e a porta foi fechada. Logo o portão do presídio foi aberto e assim que o veículo percorreu alguns metros , foi atingido por um carro forte com grande violência. O impacto da colisão amassou completamente a frente do penitentiary bus e o fez andar alguns metros para trás, destroços voaram para várias direções e poeira subiu para cima. O veículo b
Ler mais
Capítulo VIII
 San Diego, Estado da Califórnia.  O Dodge Challenger R/T seguia tranquilamente pelas ruas da cidade. Deixando para um monte de carrocerias amassadas ardendo em chamas ferozes, Denzel destruiu facilmente todos os bloqueios da polícia explodindo as viaturas fazendo uso do Poder Omniversal fez a gasolina dentro dos tanques dos veículos entrar em combustão espontânea criando as detonações. O caos é pânico tomaram conta da região devido as diversas explosões de radiopatrulhas, Albarry Jones estava estarrecido com a situação e dirigia de forma imprudente e alguns minutos ulteriormente fez uma coisa que jamais tinha feito na sua carreira profissional ; o seu walkie-talkie não parava de falar com informações sobre a dupla de suspeitos. Os helicópteros da polícia seguiam o muscle car repassando as coordenadas para as unidades móvei
Ler mais
Capítulo IX
Wellington, Nova Zelândia.  Eddie O' Hardy estava muito elegante no seu smoking preto e gravata borboleta branca, percorreu com o olhar o seu salão de recepções elegantemente mobiliado e ouviu sem interesse os últimos acordes do conjunto de cordas. Com os dedos compridos, quase femininos cofiou o bigode cuidadosamente aparado, enquanto olhava com satisfação seus convidados. Achavam-se presentes a alta sociedade, socialmente impecáveis e em ótima situação financeira os Wilkes e os Garretts eram as principais famílias ricas que frequentava o salão Hedley & Hardley Club. A lista de convidados era pequena, umas cinquenta pessoas, contudo seleta e vip.  Estacionado no outro lado da rua havia uma van tática da CIA. Dois agentes se preparavam para mais uma etapa da missão: — Você é o homem mai
Ler mais