Diário de Contos

Diário de ContosPT

Scottie Phoenix  concluído
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
6Capítulos
1.3Kleituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Quatro histórias são contadas de diferentes pontos de vistas, espaços e tempos distintos que se entrelaçam no seu decorrer. Lucas Coppolla e seus amigos num futuro de controle Pandêmico; Dr. Bryan Engelwood numa ivestigação de Serial Killer no Brooklyn dos anos 70; Jesse Kriev em busca de vingança em um Brasil Steampunk/Velho-Oeste desolado; Jonathan Pryor numa reflexão sobre a vida em diversos locais durante toda a história universal. 4 diários, onde eles se ligam?

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
6 chapters
Prólogo
Prólogo Isso é uma bíblia com os diários mais importantes das próximas gerações. Pelo fundamento da palavra “bíblia”, tratamos de um acervo de histórias, algo relativo a biblioteca. Estes são os contos que poderão ter ligações uns com os outros e notarão isto ao entenderem a importância dos nomes de cada interlocutor em seu próprio diário – que foi passado a mim a fim de conectá-los em um livro que retratará valores que não podem de maneira alguma ser perdidos. Caso meu nome não seja familiar, e você está lendo algo meu pela primeira vez, sente-se. Costumo ser fiel aos detalhes que são passados, e não poupo saliva, teclas, suor e quanto menos pouparia sangue em alguma história, não fique chocado, e crianças: n&atil
Ler mais
Em meio à solidão: (Lucas Coppola)
Data: Seis de Abril de 2069  Esse é o diário de Lucas Coppola, e seria mentira dizer que escrevo por obrigação psiquiátrica. Quem se arrisca a ir até um, quando se tem uma doença mortal por aí? Ok, acho que devo começar explicando coisas que vieram há muito tempo, muito antes de eu nascer. Era o ano de 2021, e todos falavam sobre uma coisa só. A desgraça iminente, mas não sabiam de que lado viria. Então falavam sobre máquinas, forças da natureza, doenças, golpes em massa, a Terceira Grande Guerra... E no final, eram conspirações, exceto o Vírus. Chamavam de EP16-877. No começo era uma gripe, mas o genoma foi evoluindo, se tornando uma peste aviária, e depois, quando era raro ter aves nos céus, o simples toque p
Ler mais
Em meio à solidão: (De Lucas Coppola)
Antony  Eu levei o Charlie para a cidade, para distraí-lo enquanto os três ficavam tomando conta da festa de aniversário de 18 anos dele, e já fazia um tempo que notava como o Charlie me olhava, e acho que na maior parte do tempo eu olhava de volta na mesma intensidade, então ele sem achar sentido, andarmos tanto e não fazer nada no aniversário dele, ele queria voltar para casa para descansar, então já que o real desejo era descansar, eu aluguei um quarto de hotel ali perto, era um lugar pequeno, daqueles que parece que sempre trabalharam apenas uma pessoa. Ele queria saber o que estava acontecendo, mas eu calei suas palavras com um beijo, e não soube o que esperar, mas ele sorriu e me puxou, e percebemos que duas camas já não eram necessárias, e passamos assim até a noite cair.  Giovanna  <
Ler mais
Neighborhood Crimes: (Do Dr. Bryan Engelwood)
Hoje é o primeiro dia com o meu novo paciente, já que por se tratar de um asilo, eu tinha 30 anos de serviço com pacientes de estado criminal no asilo de Nova York, especificamente, no Brooklyn. Entrei as oito e meia e no rádio tocava Philadelphia Freedom, e então após um café, entrei na sala onde meu paciente estava algemado a mesa, cheia de paredes brancas estufadas, como de costume. Eu tinha que interrogar o lado psicológico de Nicholas Crave, um ex-detetive de cavanhaque e bigode, que foi suspenso até se considerar inocente de uma série de assassinatos em um bloco de prédios no Brooklyn, chamado Brooklyn Bridge Brotherhood, (fundado pelos irmãos Cambridge, Bronx e Oxford McKinnen), abaixo da Brooklyn Bridge. Coloquei minha pasta sobre a mesa, antes de começarmos o interrogatório, abri um novo caso com seu nome no topo do
Ler mais
Cruzado de Sangue: (De Jesse Kriev)
Hoje é dia 31 do 17º mês do ano, desde alguns séculos atrás com a miscigenação entre raças e culturas, a expansão anual oi duplicada, tendo assim 24 meses por ano, mas os números inventados pela mente humana não acompanham os números que seu próprio corpo cria, então imagina uma vida onde cada ano você envelhece 2... Uma criança de 8 anos, consideravelmente tem 4 anos, e assim, após Dezembro, chegamos em uma ordem linear de: 13 - Tulistênio; 14 - Syntra; 15 – Arktrax; 16 – Xivrous (se fala Quissivros); 17 – Krinyahr; 18 – Locke; 19 – Rhá; 20 – Neptuno; 21 – EP16-877; 22 – Atlas; 23: Prometheus; 24 – Rewsna (se fala Rousna) Depois, há uns 120 começou a guerra da conquista, quando soldados se juntaram para a união de uma América do Sul unida, tendo como obje
Ler mais
O Preço da Imortalidade: (De Jonathan Pryor)
Antes de listar a data atual, vou me situar. Depois que a terra 2  foi um sucesso, e há muitos séculos a identidade de vida extraterrestre foi comprovada, e passamos a viver, transitar entre plataformas entre todo o espaço e ver a Terra 2, um novo lugar, longe da vista de maquinas inteligentes tomando partido.             Estou num bar, com diferentes espécies, mulheres azuis com tentáculos na cabeça, pessoas com tentáculos na boca e receptáculos de fala nas mãos, homens reptilianos que mudam de forma, homens que pareciam peixes com barbatanas, guerreiros com uma aparência baixa e com cara de batata, humanos melhorados ciberneticamente, holopersons, humanos, híbridos, dróides de guerra e ciborgues adaptáveis.             Esse bar, na plataf
Ler mais