Guerra de Mentes II - Noiva Fúnebre

Guerra de Mentes II - Noiva FúnebrePT

Micael Pinto  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
15Capítulos
642leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Um encontro de contos, com problemáticas atuais, sobre o existencialismo humano nessa era ultra moderna ao qual estamos submetidos, será que o mundo que nos cerca és real? será que existe Seres Superiores a nós? Estamos a sós em um universo dito como infinito? Qual o Mistério da Morte? Livro II da Saga Guerra de Mentes

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
15 chapters
A aposta dos Deuses
Na juventude da preeminência, cordialidades congruentes a um formato vil de atrocidades, fugaz a compreensão da dádiva angelical, em seus sorrisos pré-moldados por excelência da massificação eficaz dos rostos orquestrados pela morte, a força celestial se une em um concerto eminente aos conceitos da maturidade antiquada de inconsciente coletivo, vozes rasgam a noite, num silêncio fúnebre de uma tumba que jaz o mistério da condição existencial onde os deuses em seu estado mais humanístico, conceberam a vida daqueles esquecidos na prematuridade de suas ações, a vida, o retorno para o mundo dos vivos, a metafisica entre a vida e a morte, rompida por um elo, existente nessa época, onde todos se equivocaram ao coincidir seus
Ler mais
Partícula da serpente
Devidamente adequado a uma perspectiva intuitiva, das mazelas moralistas do nosso ser, enquanto tínhamos o Éden aos nossos pés, e a perfeição divina ao nosso alcance, saciávamos nossos desejos com o brilho divino, expelindo amor, desconhecíamos o ódio, a rebelião dos anjos, qual seu retrospecto erudito em um fruto, cujo desencadeou o princípio de toda malevolência humana. “Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal. E vendo a mulher que aquela árvore era boa, para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto e comeu e deu também ao seu marido e ele comeu com e
Ler mais
A quadrilha do senado
Das convicções existentes para a numeração política, e evidências de como possuir o poder em suas mãos, em um sistema eleitoral, o político deve ter duas formas consignas de conseguir tal poder, uma é se aliando a forças superiores divinas do bem, a outra é anarquizando sua existência e procedendo ao lado maligno, o equilíbrio dessas duas forças é a essência da humanidade, pois as definições futuras da nação estão nas mãos deles, contundo podemos alimentar esperanças de mudanças em movimentos sociais, mas de toda forma estamos à mercê dos detentores das ramificações políticas, cada um supostamente defendendo seus princ&
Ler mais
Heliocentrismo Humano
Das persistências primordiais, o geocentrismo ainda reina, não, esse geocentrismo da Terra ser o centro do universo que tal nos compararmos ao astro-rei, o Sol, vamos nos centrar na Via-Láctea etimologicamente, caminho do leite.Que tal olharmos para o céu e nos vermos não a nós mesmo, mas vermos, o homem em torno do próximo. Assim como a terra gira em torno do sol, temos que nos comparar aos astros, cada cabe
Ler mais
Elogio à hipocrisia
Deveras persistir na transcendência primordial, agregado as espécies que navegam no breu da normalidade, ide ao purgatório, queimaste as pestanas com a janela do mundo, insistir em um conceito que nos impõe, aceitar o que encontraste ao nosso ser, fajuta normalidade, expondo nosso consenso em uma bitolação estigmatizada, vivendo de forma automática, expressando os últimos conceitos, ultimas ideias, de forma magnífica, como se fossem os últimos momentos, sem lembrar que amanhã um novo dia se vem, e a maré leva contigo as oferendas, acreditar no banal, pensar que é normal. Sua mente, conectada a diversos fios que trazem fluxos de informações, englobando putaria e futilidade, o alienando a um sistema de fofocas, uma orquestra desafina
Ler mais
Tragédia utópica, Parte I
Era inverno, não que o Brasil exista estações de ano, muitos dizem que é frio ou calor, não repara as estações para a agricultura, muitos ficam limitados ao que se passa diante de seus olhos, não tem um momento reflexivo para avaliar até onde sua mente pode chegar, me encontro aprisionado na época colonial brasileira, na época em que os príncipes e reis mandava no pedaço de terra escolhido pelas divindades para reinar soberana diante ao mundo, mais a corrupção do governo foi tão imensa que a verdade ficou distorcida, não que a corrupção seja o deleite dos Deuses, pois até os Deuses em sua vã sacanagem são sacanas por natureza, neste exato momento estou preso em um
Ler mais
Tragédia Utópica, Parte II
Convenhamos como surgiu o universo, esse é o grande segredo do planeta terra, o que cientista tentam descobrir a fim por tempos, diante da perversidade da vida, a vida que impõe, a ciência aprova através de cálculos e se não existir numeração, e sim uma ciência tão humana que transcende todo conhecimento do mundo, através de um mero pensamento de sutileza e bondade em seus pensamentos, bondade em pensamentos, lealdade com Deus, mas Deus ou deuses, não estávamos falando de evolucionismo, calma, ainda chego nesse papo, a geologia, estuda o solo, o solo é um estudo geográfico, a geografia faz parte da posição em nos faz nos localizar ao eixo do mundo através dos conhecimentos e dos caminhos que a
Ler mais
Guerra de Mentes, Parte II
Cristo já morreu por nós, já derramou o seu sangue por nossos pecados, o que esperar mais dos homens? Hipocrisia, estampada na cara dos homens, o que esperar desses mortais medíocres, que não se satisfazem com a paz, com um sorriso, acreditam na mesmice, em nossa existência o que esperar mais? O Dilúvio, o apocalipse? Os anjos com suas trombetas? Ôh Cruz mostre-me seu significado. Por que inverter o sentido da cruz, Cristo crucificado para cima e São Pedro Crucificado de Cabeça para Baixo, por acaso a energia de Cristo subiu aos céus, e a de Pedro desceu ao chão, não creio? Acaso estavam eles no passado para presenciar o que a escrita ao longo do tempo distor
Ler mais
Apócrifo - Sabedoria
11 Amai a justiça, vós que governais a terra; pensai corretamente sobre o Senhor e comintegridade de coração procurai-o.2 Ele se deixa encontrar pelos que não o põem à prova, e se manifesta aos que nele confiam.3 Pois os pensamentos perversos afastam de Deus, e seu poder, posto à prova, confunde osinsensatos.4 A Sabedoria não entra numa alma que trama o mal nem mora num corpo sujeito aospecados.5 O santo Espírito da instrução foge da astúcia, afasta-se dos pensamentos insensatos e retrai-se quando sobrevém a iniqüidade.6 Com efeito, a Sabedoria é um espírito que ama o ser humano mas não deixa impune quemblasfema com seus próprios lábios. Pois Deus é testemunha dos sentimentos dessa pessoa,investiga seu coração segundo a verdade e mantém-se &ag
Ler mais
Apócrifo - Eclesiástico
SENTENÇAS DO SÁBIOO mistério da Sabedoria11 Toda Sabedoria vem do Senhor Deus e com ele esteve sempre, existindo antes do mundo.2 Quem pôde contar a areia do mar, as gotas da chuva, os dias do tempo?3 Quem pôde medir a altura do céu, a extensão da terra, a profundeza do abismo?3 Quem investigou a Sabedoria divina, que precede todas as coisas?4 Antes de todas as coisas foi criada a Sabedoria, a Inteligência prudente existe desde aeternidade.5 Fonte da Sabedoria é a palavra de Deus nas alturas e o acesso a ela são os mandamentoseternos.6 A quem foi revelada a raiz da Sabedoria? e suas sutilezas, quem as conheceu?7 e a ciência da Sabedoria, a quem foi revelada e manifestada? Quem compreendeu suagrande experiência?8 Só um é o altíssimo, Criador onipotente, rei poderoso e a quem muito se deve temer,Ler mais