Enquanto eu dormia

Enquanto eu dormiaPT

Emíliana Vaz  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
24Capítulos
534leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Diogo é um escritor, com sérios problemas com alcoolismo. Viajou de São Paulo até Viamão no Rio Grande de Sul, e no primeiro olhar, detestou a Estância das Magnólias, o lugar onde ficaria hospedado nós próximos meses. Uma casa abandonada no meio do nada, e pelo jeito, com vida própria, portas barulhentas, vozes, sons do piano, aroma de comida. Detalhe, ninguém habitava aquele mausoléu. Seu primeiro pensamento, foi procurar outro lugar para ficar, quando a noite chegava e ele dormia, sonhava com ela. Precisava descobrir o que era sonho e realidade.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
24 chapters
Capítulo 1
Notas e agradecimentos da autora Os personagens e as situações desta obra são reais apenas no universo da ficção: não se referem a pessoas e fatos, e não emitem opinião sobre elas. Alguns fatos estão inspirados em relatos históricos. Sobre a doutrina espírita, sou simpatizante, e não há psicografia nesta obra. Todas as informações apresentadas durante o percurso da história foram pesquisadas em livros, O Livro dos Espíritos, e sites sobre o assunto. Esta história, não é aconselhável para menores de 20 anos.       Agradeço a Gabriela Beller, historiadora, que me ajudou muito na pesquisa, processo e correção do livro. As informações a troca de cada capítulo, foram extra&i
Leer más
Capitulo 2
                                                         2      "O homem retorna à vida várias vezes, mas não se recorda das suas pretéritas existências exceto algumas vezes em sonho. No fim todas essas vidas lhe serão reveladas."Texto egípcio, 1320 A.C)                 (1835) Três dias antes de 20 de setembro.      Diogo ouvia atentamente o que Barnabé, o escravo alto de vinte anos lhe dizia.    ─Josias ouviu tudo. Ele trabalha na casa de um amigo do sin
Leer más
Capítulo 3
                                                   3                                                                                      A revolução separatista durou 10 anos no Brasil Imperial do século XIX.O movimento foi deflagrado por causas político-econômicas como os altos impostos nas charqueadas. A escassez de
Leer más
Capítulo 4
                                               4             A dependência alcoólica (alcoolismo) tem quatro sintomas: Fissura: uma forte necessidade ou compulsão, à bebida.Perda de controle: a incapacidade para controlar a ingestão de bebida em qualquer ocasião.Dependência física: sintomas de abstinência, tais como náuseas, suores, tremedeiras e ansiedade, acontecem quando o consumo de álcool é interrompido depois de um período de consumo excessivo.Uma depend&ec
Leer más
Capitulo 5
                                                            5                                                   De 1800 a 1901, os matrimônios das mulheres eram, em grande parte, arranjados por seus pais, devido a interesses políticos, econômicos e sociais. Logo, era uma afronta muito grande desobedecer ao destino traçado pelo pai e se casar com uma pessoa que ele não aprovava. Já a virgindade dizia respeito à honra da mulher e à boa imagem de sua própria fam&ia
Leer más
Capítulo 6
                                                       6                           Em terras brasileiras, a força de trabalho dos negros foi sistematicamente empregada pela lógica do abuso e da violência. As longas jornadas de trabalho estabeleciam uma condição de vida extrema, capaz de encurtar radicalmente os anos vividos pelos escravos. Ao mesmo tempo, a força das armas e da violência transformava os castigos físicos em um elemento eficaz na dominação.Leer más
Capítulo 7
                                                            7             "Ó tu, moço ou jovem que te julgas abandonado pelos deuses, saiba que, se te tornares pior, irá ter com as piores almas, ou se melhor, irá se juntar as melhores almas, e em toda sucessão de vida e morte farás e sofrerás o que igual pode merecidamente sofrer nas mãos de iguais. É esta a justiça dos céus.""Aprender é recordar"Platão (427 - 347 a.C.)       Eram seis horas da manhã, quando Diogo saiu da clínica particular para onde levara Vilma, depois do colapso n
Leer más
Capítulo 8
                                                                8                                             "Outro forte indício de que os homens sabem a maioria das coisas antes do nascimento é que, quando crianças aprendem fatos com enorme rapidez, o que demonstra que não estão aprendendo pela primeira vez, e sim os relembrando." Cícero (106 - 43 a.C.)         N
Leer más
Capítulo 9
                                                          9                                                 O Jornal “O Povo” foi, o mais importante jornal dos farroupilhas e o periódico oficial da República Rio-grandense. Se auto intitulava um "jornal político, literário e ministerial da República Rio-grandense”. Era editado pelo jornalista Luigi Rossetti e organizado por Domingos José de Almeida.             
Leer más
Capítulo 10
                                                          10             “Estou convencido de que vivemos novamente, e que os vivos emergem dos que morreram, e que as almas dos que morreram estão vivas. As almas, depois de haverem estado no Hades o tempo necessário, são reconduzidas a esta vida em múltiplos e longos períodos." (Sócrates)                                           
Leer más