Gabriel, A rebelião - Livro 01

Gabriel, A rebelião - Livro 01PT

Alice  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
22Capítulos
4.2Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

O primeiro sorriso O primeiro beijo A primeira lágrima Entre essas três pequenas frases, se formam o começo, meio e fim de uma história de amor turbulenta que ultrapassa todos os limites. Mesmo sabendo os riscos a correr, um nunca desistiu do outro. Mas terão que confrontar o destino que não lhes foi reservado. "Algo que vem, eu posso sentir isso através da escuridão. Nós não podemos pará-lo. Ondas de terror Temos de montá-los Não há como voltar Não há escapatória, nós temos que lutar"

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
22 chapters
Prefácio
PrefácioDizem que quando uma criança dá o seu primeiro sorriso de alegria, um anjo cai do céu.Ele cai do céu para ficar ao lado da criança escolhida até ela atingir a maioridade e ser responsável pelos seus atos.Mariana nasceu naquela noite chuvosa de Janeiro e deu seu primeiro sorriso no mesmo dia, um ato considerado especial pelos anjos, pois é raro quando isso acontece.Para um ato tão especial, foi escolhido um dos considerados melhores anjos entre eles, destinado a estar com ela e protege-la até o dia que poderá escolher partir.Ele caiu do céu e se manteve em pé vendo-a sorrir nos braços da mãe. Ele sabia que iria amar e proteger essa criança como todos os anjos da terra fazem com seus protegidos, e como todas as outras crianças que cuidou um dia.Iria estar com ela em todos os momentos de sua vida. Ali, naqu
Leer más
Parte 1
"Ainda que eu falasse a lIngua dos homens, e falasse a lIngua dos anjos, sem amor, eu nada seria."♤Mais uma vez acordei assustada sentindo aquela presença. Olhei ao redor eufórica e procurando-o, mesmo não enxergando nada devido ao breu do quarto, eu sentia sua presença. Sentia meu braço formigar com algo, e olhos curiosos me vigiando.- Olá? - Perguntei ao escuro do quarto procurando alguma resposta, mas não obtive. Suspirei aliviada por ter sido apenas um sonho e limpei meu suor que escorria da testa.Minha respiração voltou ao normal. O dia de hoje vai ser bem cansativo e não quero chegar em meu novo emprego com olheiras fundas e negras abaixo dos olhos.Olhei o relógio ao lado da cama e me assustei. Faltam dez minutos para seis horas. Me contorci de preguiça entre os lençóis quase chorando por ter que levantar daqui a dez minutos. Rastej
Leer más
Parte 2
"Não quero que o acaso venha nos proteger mas que o destino cumpra o seu dever"(...)A lua cheia refletida no mar, junto com as estrelas, deixaram o momento mais  especial. Algumas pessoas que não consegui identificar devido a escuridão estavam me cercando em um circulo. Elas se aproximavam de mim, me deixando sem ar e apavorada por não conseguir ver seus rostos. O desespero tomou conta de mim, mas uma voz tomou todo o meu corpo. Uma vibração maravilhosa
Leer más
Parte 3
"Nossas vidas são definidas por momentos. Principalmente aqueles que nos pegam de surpresa."♤Eu flutuava em meio as nuvens. Olhei de um lado para o outro e me vi sozinha, apenas me perguntando como fui parar aqui outra vez, como se fosse a continuação do outro sonho. Senti uma presença atrás de mim e quis me virar, mas não consegui me mexer.- Não tente. - Alguém falou. Essa voz, eu conheço de algum lugar.- O que está acontecendo? Isso é um sonho não é?- Sim, é um sonho.- E porque não me deixa te ver? -Perguntei em outra tentativa falha de me virar.- Porque não posso deixar. - Ele falou e senti sua respiração em minha nuca - É perigoso.- É você que me salva todas as vezes?-
Leer más
Parte 4
"Se um dia uma brisa leve e suave tocar seu rosto, não tenha medo, é apenas minha saudade que te beija em silêncio."♤Chegamos em casa um tempo depois do cinema. Nós ainda paramos em algumas barracas do lado de fora para comer alguma coisa porque eu estava morrendo de fome.A sensação de vazio ainda continua  em mim. Não sei, mas... É como se eu tivesse esquecido de algo muito importante, e seja lá como eu fui parar fora do cinema, tem algo a ver com isso.- Boa noite. - Bruno falou e nos deixou na porta de casa - Vocês são boas companhias. Tomara que possamos sair outras vezes! - Falou exclusivamente olhando em meus olhos e rindo. Fiquei sem graça fitando o chão enquanto era encarada.- Concordo. - Olivia disse sem deixar escondido seu sorriso, que podemos dizer, um sorriso safado.- Fiquem bem, e olhem pro céu de vez em quando.Leer más
Parte 5
"A desconfiança é a mãe da segurança."♤MarianaDores em meu corpo inteiro.Tentei me mover com muita dificuldade e a dor que senti na cabeça me fez murmurar. Tentei abrir os olhos e so vejo borrões. Exigi o máximo da minha visão e tudo começou a tomar formas.Estou em um quarto. As paredes são rosadas igualmente ao teto e estou em uma cama enorme de casal cheia de colchas finas e brancas. Alguns móveis bem delicados de cor clara tomam o resto do quarto. Mas aonde é que eu estou?Me levantei e tentei abrir a porta desesperadamente, mas estava trancada e não sou tão forte assim para arrombar. Olhei ao redor e não vi nenhum sinal de vida ou de como posso sair daqui, havia apenas uma folha em cima da escrivaninha. Caminhei até ela hesitante e a peguei na mão.  Leer más
Parte 6
Amar é consequência de uma atração espiritual acima de qualquer mera paixão humana.♤MarianaAcordei ainda em seus braços. Não me lembro de ter apagado. Olhei ao redor e estava em pé, perto da janela em meu quarto. Ele me segurava para não cair. Minhas pernas estão fracas. Ainda sem acreditar que estou vendo o homem dos meus sonhos aqui em minha frente, me sentei na cama com sua ajuda. Ele se afastou e se aproximou da janela.- Voce vai embora?- Se você quiser, eu vou - Falou parando de andar. O Encarei confusa.Aqueles olhos azuis e marcantes, que pareciam me dizer para negar. Seu cabelo loiro e cacheado se mexeram devido ao vento forte que entrou no quarto. Ele não parece real. Tanto que me perdei nos traços do seu rosto por alguns segundos. Seu maxilar é extremamente marcado, e seus lábios são.
Leer más
Parte 7
Uma vez a mentira, para sempre a desconfiança♤- Eu já disse. Saí com um cara ontem a noite - Repeti pela milésima vez enquanto terminava de mastigar minha torrada. - Porque você ainda insiste nisso?- Porque você não sai com caras que conhece em uma noite, Mari - Olivia falou lavando a louça e virou o rosto com os olhos fincados. - Me conta logo onde estava.- Me erra Livia! - Revirei os olhos. Ela vai tirar o dia pra me atormentar. - Eu saí com uma pessoa sim, que mau conhecia. Não confia em mim? Pois bem. Vou te apresentar ele.Ela me olhou de canto com um sorriso, como se tivesse conseguido o que queria. Mas porque foi que eu falei isso? Não vai acontecer.- Quando? - Perguntou curiosa, tirando o avental e o jogando em cima da mesa.- Não sei - Respondi. Realmente eu não sei nem o porque de ter dito aquilo.- No sábado.
Leer más
Parte 8
O maior erro que você pode cometer, é o de ficar o tempo todo com medo de cometer algum.♤- E o que faremos em Boston? - Perguntei me aconchegando mais no banco do trem.- Vamos visitar um amigo que nos dará algumas respostas. - Respondeu, colocando óculos escuros e um chapéu - De trem é mais fácil de despistar os arcanjos. - Acho que está na hora de me explicar algumas coisinhas... - Olhei-o de canto e ele sorriu.- Também acho que sim - Ele concordou e cruzou os dedos - Como quer que eu comece?- O que são Arcanjos?- Bom, existe um ditado entre nós... - Ele começou a rir sozinho - "Arcanjos no céu, anjos na terra". O mesmo ditado dos humanos só que modificado.- Não entendi...Ele tirou os óculos e pude mais uma vez encarar seus olhos azuis marinhos.- Os arcanjos
Leer más
Parte 9
Anjos voam na velocidade da luz, porque eles são servos da luz.♤Mariana Não entendo como ele consegue andar tão rápido se até 20 minutos atrás, estava caído no chão todo machucado e desacordado. Ele acordou e ficou um tempo sentado, descansando, e depois de poucos minutos, parecia que nada tinha acontecido.Nós saimos do trem às pressas, quer dizer, ele saiu apressado e eu apenas o segui. Pegou a mala que eu carregava da minha mão para facilitar que eu andasse mais rápido. Mas porque tanta pressa? Medo de que os A.C apareçam outra vez?Então se ele que é um anjo, tem medo dos A.C, eu tenho que sentir pavor.Saímos da estação de trem e tivemos que andar um pouco e subir a escada que leva até o centro da cidade, que por sinal, estava cheia. Quase me deixei
Leer más