Alvorecer no mundo das fadas

Alvorecer no mundo das fadasPT

Sandra Rodrigues  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
17Capítulos
875leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

O alvorecer de um novo dia guarda segredos e mistérios que vão muito além da nossa imaginação. Em um universo paralelo ao nosso, fantásticas criaturas, com sua dança e magia, protegem nosso planeta. O equilíbrio que todas as criaturas vivas necessitam para viver depende diretamente delas. Rick, um belo e jovem rapaz, descobre que seu passado está intimamente ligado a este fascinante mundo, o Reino das fadas. A vida dele se transforma quando descobre que é o único ser capaz de salvar dois mundos a beira do fim. Em uma busca épica, passando por lugares incríveis da terra, uma aventura cheia de a magia Rick irá viver. Com ajuda de Clara, uma linda fada e Dindi um anãozinho encantado, ele terá que encontrar as cinco fadas que partiram do reino levando consigo as pedras da transformação. Sem elas, o grande círculo da vida perderá para sempre sua força e o caos se instalará de vez em nosso mundo causando catástrofes climáticas e crises humanitárias irreversíveis. Em meio essa busca encantada tudo pode acontecer e o amor pode para sempre florescer no coração desses personagens que você, com certeza, jamais irá esquecer.

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
17 chapters
Capítulo 1
                 O som da tempestade que se aproximava causava um grande reboliço pelas ruas. Portas do comércio eram fechadas, pessoas passavam apressadas demonstrando o quanto queriam estar seguras em suas casas. A correria fazia com que os esbarrões e os pedidos de desculpas fossem constantes.Abotoei o casaco, o frio estava cortante. Tratei de apertar o passo, não queria me atrasar para o jantar, mamãe ficav
Ler mais
Capítulo 2
        — Acorde, Rick, estamos atrasados, temos que ir! — gritou um homenzinho, bem perto de meu rosto.O susto foi tão grande que dei um salto para trás. Pensei estar sonhando, ou melhor, estar tendo um pesadelo!—Quem é você? Como chegue
Ler mais
Capítulo 3
        Dindi se dirigiu até um velho e enorme carvalho, eu o segui em silêncio. Estava absorvendo tudo o que ele havia me revelado. Quando chegou bem perto do carvalho ele parou, me olhou, e assim falou:— Você tem a chave, o poder é todo seu. Sou um servo leal, mas não posso passar pelo portal. Siga sempre em frente e logo entre elas estará presente — Dindi recitou as palavras com muita formalidade.

Ler mais

Capítulo 4
       — Há milhares de anos, nós, as fadas, nos retiramos do mundo dos humanos. Foi muito difícil nos adaptarmos ao nosso novo mundo, cheio de solidão. Algumas fadas não suportaram ficar longe dos campos, dos mares, dos bosques, dos animais, enfim, da vida terrena com todos os seus prazeres. E então voltaram, mas elas foram caçadas e exterminadas, como muitas outras criaturas mágicas que ousaram desafiar os tiranos que dominavam o mundo. Só nos restou então vivermos reclusas, bem longe da maldade daqueles que habitavam a Terra. Neste novo mundo, construímos nosso lar. Usamos toda nossa criatividade e sensibilidade para construí-lo. Você teve a chance de ver um pouco dele hoje, não foi?

Ler mais

Capítulo 5
 Eu tinha muitas perguntas a fazer, mas vi que a fada não podia mais continuar sua narrativa. Ela se recostou nas almofadas e fechou os olhos. A grande porta dourada se abriu e a linda fada que me recebeu entrou. Trazia nas mãos uma taça. Ela se aproximou da rainha das fadas e com ternura fez que ela bebesse todo o líquido.— Venha, Rick, vamos deixá-la descansar
Ler mais
Capítulo 6
 Nosso passeio continuou nas proximidades da árvore de pedras, Clara falou das outras pedras e de seus poderes mágicos. Eu estava fascinado. Ouvia atentamente cada palavra que ela dizia. Ficamos um bom tempo conversando, aos poucos ela parecia ficar mais empolgada e feliz.Voltamos ao palácio. Voando. Aquela experiência era incr&iac
Ler mais
Capítulo 7
 O barulho do relógio me fez pular da cama. O dia havia amanhecido. A chuva continuava a castigar toda a cidade. Levantei e constatei que a caixinha estava na cabeceira da minha cama.“Tudo não passara de um sonho!”, pensei. “Mas pareceu tão real! Meu Deus, eu não posso ter sonhado!” Continuei a olhar para a caixinha, ela estava lacrada. A prova de que
Ler mais
Capítulo 8
 Quando acordei ainda estava dentro do carro, que agora percorria as ruas de uma linda cidade bem devagar. Ouvi a voz de Dindi, que falava para Clara:— Vou estacionar mais perto do parque. Vocês entram e eu aguardo aqui do lado de fora.Ler mais
Capítulo 9
 Tudo era tão belo e mágico que eu fiquei ali paralisado, apenas observando-as. Elas voavam por cima das flores. A comemoração do reencontro continuou por um longo tempo. De repente elas sumiram, fiquei procurando por entre as flores, mas foi em vão.Desci do moinho e caminhei até perto do lago. Procurava por elas, olhando para todos os lados, o parque estava va
Ler mais
Capítulo 10
 Enquanto o carro deslizava vagarosamente pelas ruas da encantadora cidade, peguei o celular e liguei para mamãe. Ela fez muitas perguntas, parecia que desconfiava de que algo estava errado. Tentei tranquilizá-la e para isso tive que inventar mais algumas mentiras. Depois de muita conversa a convenci de que estava realmente viajando para conhecer uma proposta de emprego muito boa.—
Ler mais