Aprendi Amar

Aprendi AmarPT

Nayla Quill  Completo
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
53Capítulos
463leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Sophie ama atuar e tem o grande sonho de se tornar uma famosa atriz, mas para isso, ela teve que deixar os seus pais e ir embora para estudar no Rio de Janeiro. Sua mãe, conseguiu um quarto na casa de uma antiga amiga, mas Sophie não esperava encontrar uma outra garota lá, a Liz, que não estava nada disposta a dividir seu quarto. Elas teriam que conviver não apenas na mesma casa, mas também na faculdade e na mesma turma. Mas será que a Liz vai gostar de Sophie? E Sophie? O que será que vai achar de sua nova "amiga"? "

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
53 chapters
Cap 01
Sophie, Era manhã de sábado, quando tenho que acordar cedo. Hoje iria me mudar para o Rio de Janeiro, estava prestes a ir morar na casa de uma amiga da minha mãe para poder fazer faculdade de Artes Cênicas. Mesmo aqui em São Paulo sendo uma cidade grande o curso que eu pretendo fazer, não fornece o suporte necessário para ir além disso, seu custo é digamos "caro" em relação a um que encontrei no Rio.Sei também que não será fácil passar quatro anos longe de casa, dos meus pais e amigos. Mas é o que eu quero, meu sonho sempre foi trabalhar com a Arte de Atuar. Esse é meu momento!Meus familiares, me ajudaram a levar as malas ao aeroporto. De coração partido me despedi de todos com lagrimas e fortes abraços. Nova fase de minha vida se inicia....O voo não demora muito e ao chegar no
Leer más
Cap 02
• Liz, Durante almoço, percebi a tal Sophie se soltar mais. Ela era bem extrovertida, já é um bom passo porque se ela fosse tímida como pensei, não seria nada legal para meus amigos que são digamos 'farofeiros'. Resolvi então convida-la para ir ao shopping comigo fazer algo bom, tipo ir ao cinema ou comprar alguma coisa. Isso seria de seu critério. Ela aceitou e falou que iria só se arrumar, concordei e iria fazer o mesmo. Quando a vi produzida com maquiagem e cabelos arrumados, fiquei surpresa, ela estava mais bonita do que quando a vi hoje cedo.Quando chegamos ao shopping, ela simplesmente entrelaçou nossos braços empolgada. No momento falei nada, mas me sentia incomodada por era algo que fazia com meus amigos, não uma garota que 'conheço' a poucas horas.No decorrer q
Leer más
Cap 03
• Sophie, Acordei cedo na manhã de domingo. O dia estava ensolarado, perfeito eu diria para um belo mergulho na piscina.Eu queria muito mergulhar, mas ainda estou com vergonha. Tipo, ainda não me sinto à vontade pra fazer isso. Por mais que sejam muito legais, ainda assim não é minha casa, certo?Fiquei sentada na varanda, com o olhar fixo na piscina. Aquele, olhar de ''eu vou, não espera, acho melhor não né'‘. perdida em meu olhar, percebo a presença de Liz em minha frente. Ela sentou na cadeira ao meu lado e colocou as pernas sobre as minhas.- Pensando sobre amanhã ou sobre o gato que comeu sua língua? - ela fala em seguida cutuca meu braço.- Não. - dou um sorriso. - Só admirando a piscina.

Leer más

Cap 04
×××××" Eu estava deitada em minha cama olhando meu celular, quando de repente é tirado das minhas mãos por Sophie. - Você vai ficar assim o resto da noite? - Wft? Quem pergunta né eu?- Estava tão concentrada no seu celular que resolvi não te encher.- Besta, mas você não me enche... - fala e depois senta ao meu lado da cama. - você é tão linda... - alisou meu rosto chegando mais perto. - seu sorriso...- Posso te beijar?- Achei que iria demorar mais.Puxei seu rosto e a beijei. Seu beijo era incrível. Tempo depois ela estava deitada sobre mim beijando meu pescoço. Em seguida sentou se em meu quadril e tirou a blusa.

Leer más

Cap 05
• Sophie, Já faz uma semana que deixei meus pais, para vir morar e dormir no mesmo quarto que uma patricinha atormentada do juízo.Ontem (sexta feira) ela fechou a cara pra mim, me ignorando e eu não faço a mínima idéia porque ela está me tratando assim. Deve ser TMP. Hoje ela está melhor, bem, é o que eu espero. Estou gostando muito dessa louquinha.Estou me acostumando com esse jeito 'fresca&esquentada' dela, até guardei a touca que ela me deu pra me usar quando dê vontade. Na faculdade, as coisas estão indo bem, e falando nela, o Arthur não é bem meu namorado, só ficamos a três dias, mesmo assim não contei nada ainda a Liz. Mas devo contar, tenho ela agora como um "apoio" aqui diria, não tenho intimidade para falar com as outras men
Leer más
Cap 06
• Liz, Segunda feira, eu e Sophie fomos cedinho para a faculdade. Nós estávamos com o costume de andar sempre de mãos dadas, mas quando o Arthur aparecia, separávamos, não só porque ele não gostava de mim, mas porque ele tomava conta dela longe de mim, e das meninas. E pra minha sorte hoje, ele havia faltado e por coincidência ou não bom não sei, as meninas também tinham faltado. Estranho terem faltado todas. Mas como eu as conheço bem, sinto que aprontaram no domingo e faltaram hoje.Logo após o intervalo, tivemos aula vaga. Todas as segundas tínhamos essa aula vaga. E como de costume, eu, ela e as meninas, íamos a um jardim perto da quadra esportiva, mas como as meninas havia faltado, o grupo se resumiu em nós duas.Sophie se encostou na parede que t
Leer más
Cap 07
...No dia seguinte, Sophie estava normal, como sempre me tratando como sua melhor amiga e andando agarrada a mim. Assim que entramos na sala, Tina já estava lá. E eu dei graças a Deus, porque eu queria saber logo quem era o casal que estava se beijando no jardim.- Oi casal. - Tina fala quando percebe que chegamos.- Casal? - Sophie pergunta confusa, e também me deixa confusa. Neste momento, Ellen entra na sala e se aproxima de nós.- Bom dia Casal, Bom Dia Tina. - Eu franzi o cenho e percebo que tem algo errado.- Alguém pode me explicar por que estão chamando a gente de casal? - Tina e Ellen se entreolharam.- por que vocês são o casal do beijinho. - eu arregalei os olhos e Sophie me olha incrédula.- O quê?! - me levantei e me aproximei da carteira da Tina. - que conversa é essa?!- Aqui a foto que eu te falei. - ela me mostra e o celular com
Leer más
Cap 08
• Liz, Sophie me acordou no meio da madrugada, me alegando estar com sede, eu levantei e fui pegar um copo d’água para ela. Tentei voltar a dormir, mas não conseguia. Percebi que Sophie também não, ela olhou pra mim e sorriu.- Posso ligar a televisão? Não vai se incomodar?- Pode ligar, eu não consigo dormir. - bocejei e me posicionei sentada na poltrona.- Liz, vem pra cá. - disse dando espaço para mim sentar ao seu lado na cama, e assenti. - eu nem te falei, mas tiraram meu soro enquanto você dormia. - falou mostrando o braço e sorrindo.- Isso é bom. - sorri de volta. Mas nesse momento, algo no fez chamar atenção. Era uns gemidos vindo da TV, um casal estava fazendo sexo e sem censura alguma.

Leer más

Cap 09
Quando voltei para o quarto, Liz já havia saído do banheiro, nesse instante ela estava mexendo em alguma coisa em sua bolsa.- Leu a carta? - pergunta sem olhar pra trás.- Sim, foi estranho, mas eu amei.- Ela está perdoada? - disse se virando pra mim, segurando um livro em mãos.- Sim. - Liz sorriu e se virou de costas pra mim, e colocou o livro na escrivaninha. - Você viu o Arthur? - pergunto ao sentar na cama devagar, devido as dores.- Não. - disse simples ao fechar a bolsa.- Obrigado. - assentiu e pegou seu notebook. Eu deitei em minha cama, ficando de frente pra ela, olhando vez ou outra pro meu celular. Liz sentou em sua cama com o notebook, e colocou os fones dele em suas orelhas. - Liz? - ela me olhou me esperando prosseguir: - Ta tudo bem? - ela fez um sinal positivo com a mão e voltou a olhar o notebook.Eu estava agoniada ao ver essa menina me evitando. Me levanto e
Leer más
Cap 10
  Sophie,  A noite anterior realmente foi muito boa. Eu tinha ficado com a Liz, e estávamos nos saindo muito bem. Todas as dores que eu sentia antes, diminuíram bastante e eu já estava pronta para outra. Não que eu queira apanhar novamente da Tina, mas é a maneira de dizer que estou bem.Esse final de semana, os pais de Liz iriam viajar para um evento comercial de trabalho. Então, ficou penas Liz e eu, que de fato, não seria nada mal passar o final de semana inteiro ao seu lado, e justo quando começamos a ficar.(...)Mais tarde depois do almoço, Liz e eu resolvemos passar um bom tempo no salão de jogos, lugar esse que sempre passávamos os fins de semana. Nós não havíamos terminado de montar o quebra cabeça de mil peças, então tentaríamos mais uma vez.- Sop, me passa essa pe&
Leer más