A Vingança Dos SCPs

A Vingança Dos SCPsPT

Binna Oliri  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
15Capítulos
374leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Em um mundo onde era devastado pela a escuridão, cheio de criaturas aterrorizantes, o líder dessas criaturas tinha um grande plano para o fim da Humanidade. Cain, queria que a Terra fosse o seu novo domínio de horror. Ele comandava tropas e mais tropas de SCPs que deixava seu poder cada vez maior, mas a humanidade não ia desistir de sobreviver, ela iria lutar para continuar a preservar a sua espécie. Com as fundações do lado da humanidade, ainda existia uma chance de sobreviver, a grande guerra estava próxima. O sentimento de esperança não iria ser dominado pelo o medo.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
15 chapters
O Início
O início de tudo. Em um planeta chamado Terra do Vértice, existia uma espécie diferente que vivia em um mundo sem sol. O sol de seu mundo havia morrido a muito tempo, é uma grande escuridão havia o possuído, o mundo estava completamente destruído pela a guerra nuclear que eles causaram por suprimentos, não havia mais a humanidade. Apenas monstros que habitavam aquele planeta, os olhos dos poucos humanos que ainda restavam eram completamente negros, talvez a evolução fez aquilo para eles sobreviver no escuro em que seu mundo estava. Mas não havia só humanos nesse planeta.Também existia criaturas de várias formas, cada uma era única com uma característica diferente. Algumas criaturas não possuía perigo, porém existia aquelas que eram perigosas, que não podiam ser contidas facilmente. Essas anomalia
Leer más
O Acampamento
*Gabriel narrandoEstava eu e a minha melhor amiga que se chama Aurora, ouvindo uma música do Imagine Dragons que se chamava Believer, a gente amava aquela banda, tínhamos ido até em um show deles que veio para o Japão.Sim, morávamos no Japão.Estávamos indo acampar perto da Floresta Aokigahara, claro não éramos burros de acampar tão perto dela, os rumores sobre ela eram aterrorizantes.E a Aurora tinha medo, ela não queria vir, mas depois de prometer que eu iria comprar todo o chocolate que ela queria ela decidiu vir.Ela amava chocolate, principalmente o de menta.Já havíamos chegado no ponto do acampamento, que fica perto de uma montanha cheio de árvores dificultando para andar na trilha estreita. Enquanto eu montava as barracas, Aurora estava indo atrás de galhos secas para fazer a fogueira, sem fogo não dá para dormir em uma floresta.
Leer más
A Fuga
Acordei ouvindo um galho quebrando, quando sai da barraca pude ver o Gabriel entrando dentro da floresta. Mas algo estava estranho, parecia que ele estava em um tipo de transe, mesmo com medo, não ia deixar meu amigo se perder no meio daquela floresta medonha, peguei minha lanterna e o seguir até em cima de uma montanha, não era exatamente uma montanha, pois era menor, mas era quase uma.Quando eu pude ver ele no topo, notei uma sombra alta, mas não tinha árvores grande o suficiente ali para fazer uma sombra daquele porte todo. Quando me aproximei do Gabriel, pude ver seu rosto com uma feição de puro horror, parecia que ele estava vendo a pior cena de sua vida.Vendo meu melhor amigo passando por aquilo, decido agarrar seu braço e fazer ele descer a montanha comigo o mais rápido possível. Por alguma razão, meus instintos estavam falando para eu tirar ele de perto daquela montanha, só conseguia pensar em coloca
Leer más
Estamos Seguros ?
*Aurora NarrandoGabriel ainda pernecia em silêncio, não sabia oque se passava em sua mente naquele instante. Me pergunto se ele está tão apavorado quanto eu com aquela visão que vimos na floresta, não sei como a gente não ficou paralizados na floresta com aquela visão medonha.Quando finalmente chegamos em casa, fomos correndo para dentro de casa e ficamos sentados no sofá tentando absorver o que tinha acontecido, nós perguntando oque era aquelas criaturas.                                ***A alguns minutos se passaram desde que Aurora e Gabriel chegaram em sua casa.As pessoas estavam andando normal na cidade, vivendo suas vidas como sempre fizeram, sem imaginar a grande tragédia que estava prestes a acontecer, que mudaria completamente o rumo da história do mundo
Leer más
O Caos
Não era só o Japão que estava sendo "atacado", tinha outros lugares no mundo que também estavam sofrendo ataques daqueles monstros. Vídeos na internet mostrava várias pessoas sendo mortas, cidades de todos os cantos do mundo estavam sendo massacradas. Que merda está acontecendo aqui ?– Você viu ? - Gabriel pegou o notebook de volta – Não e só no Japão, também está acontecendo em outros lugares Aurora - ele desliga o notebook.– Eu vi, e agora ? - suspiro alto –  O que a gente faz ? - encosto minha cabeça no banco fechando os meus olhos para descansar.Pelo menos para tentar me acalmar.– Parece que nenhum lugar do mundo está seguro, pra onde vamos ? - Gabriel me faz abrir os olhos pra pensar em uma resposta.– Não sei, mas tenho certeza que não devemos ir pra Tóquio, lá e o centro, muitas pessoas, se esses monstros chegarem lá, vai ser um caos. - disse arrumando o carro para poder dirigir.– Então devemos ir para o interior ? - e
Leer más
O Começo da Destruição
Estava eu e a Aurora correndo em meio a enorme multidão de gente na estação em Tokyo,tínhamos que partir logo, o caos já estava formado no país, os monstros estavam avançando rápido,então cada minuto contava para a nossa sobrevivência.Todas as pessoas estavam paradas na estação com seus olhos grudados na tela de televisão que havia na estação.Todos estavam vendo filmagens ao vivo do Jornal Tokyo, eu conseguia reparar nas expressões de terror dos rostos ao ver aquela visão de pessoas sendo mortas sem nenhuma piedade.Piedade não havia no vocabulário daqueles monstros canibais.Eu ainda não acredito no que está acontecendo, pra mim ainda estamos todos alucinando.Aurora parece compreender a situação melhor doque eu, até agora ela se mantém forte, acho que apenas eu sou inútil nem proteger a minha amiga eu consigo, que é a pessoa mais importante na minha vida.– Vamos Gabriel, não temos tempo suficiente - autoritária como sempre, ela agarra a minha
Leer más
O Começo da Destruição
Estava eu e a Aurora correndo em meio a enorme multidão de gente na estação em Tokyo,tínhamos que partir logo, o caos já estava formado no país, os monstros estavam avançando rápido,então cada minuto contava para a nossa sobrevivência.Todas as pessoas estavam paradas na estação com seus olhos grudados na tela de televisão que havia na estação.Todos estavam vendo filmagens ao vivo do Jornal Tokyo, eu conseguia reparar nas expressões de terror dos rostos ao ver aquela visão de pessoas sendo mortas sem nenhuma piedade.Piedade não havia no vocabulário daqueles monstros canibais.Eu ainda não acredito no que está acontecendo, pra mim ainda estamos todos alucinando.Aurora parece compreender a situação melhor doque eu, até agora ela se mantém forte, acho que apenas eu sou inútil nem proteger a minha amiga eu consigo, que é a pessoa mais importante na minha vida.– Vamos Gabriel, não temos tempo suficiente - autoritária como sempre, ela agarra a minha
Leer más
Ataque
Assim que coloco a mulher deitada em uma posição confortável para o parto, sinto o trem freando bruscamente, pude ver o pavor nos olhos negros da futura mãe a minha frente.– Preciso que você empurre com força - eu tentava auxiliar o parto, mas eu era completamente inesperiente.Ela segurava a mão do Gabriel com tanta força que eu achava que iria quebrar, em seu rosto as veias quase estavam estourando, eu olho para baixo e consigo ver a cabeça da criança, seguro gentilmente o pequeno ser em meus dedos trêmulos e o puxo para ver o mundo.O pequeno ser em meus braços enche seus pequenos pulmões com a sua primeira respiração e começa a chorar quando percebe que não está mais em seu único lugar confortável e seguro.Enrolo ele em meu casaco e o entrego para a sua mãe emocionada. Reparo que o trem t
Leer más
Informações
Reservei esse capítulo para poder explicar melhor para vocês sobre alguns assuntos que aparecem aqui no livro, vejo muitas pessoas que não conhecem sobre os SCPs ou sobre a fundação, então eu gostaria de explicar.•Universo paralela : Talvez vocês já viram esse tema em alguns filmes, ou livros. Nesse livro também aparece, é eu chamo essa dimensão de Vértice, universos paralelos ou realidade alternativa é uma realidade auto-contida em separado coexistindo com a nossa própria. Esta realidade em separado pode variar em tamanho de uma pequena região geográfica até um novo e completo universo, ou vários universos formando um multiverso, também pode entender como uma cópia do nosso universo, mas com diferenças.•Terra do Vértice : Como expliquei em cima, Vértice é o nome do universo que eu criei no livro, então a Terra do Vértice é como se fosse uma cópia da nossa terra, só que em uma dimensão diferente. Mas essa Terra e diferente da nossa. Eu baseei a Terra B com característi
Leer más
Chegando no Acampamento.
Quando estávamos andando pela as ruas da cidade, vimos várias pessoas procurando abrigo dos ataques, eles ainda acham que oque está acontecendo é um ataque militar de algum exército. Mas não é isso, parece que o governo do Japão quer esconder a verdade sobre os ataques.Finalmente o homen mascarado, se apresentou e disse que se chamava Thomas, achei um nome bonito, mas pena que ele não mostrou o seu rosto, Gabriel ainda continua desconfiado dele.Thomas se voluntária para carregar a Kisame no colo, a gente queria levar ela para o hospital, mas ela estava com medo dos ataques, então decidimos ir o mais rápido possível para Sapporo, já que lá deve ter um centro médico.Kisame decidiu chamar o seu filho de Ryuu Aikyo. O bebê era lindo, e ele era o único calmo nessa situação. Gabriel andava do meu lado cochichando que não acreditava que Thomas era o seu nome verdadeiro, eu ainda não entendia essa cisma dele com o Thomas.Tivemos que andar por muito te
Leer más