Crônicas De Marlenout: A Felicidade É um Luxo

Crônicas De Marlenout: A Felicidade É um Luxo PT

Samanta Marinho  Completo
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
98Capítulos
648leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

O lindíssimo Príncipe Herdeiro de Marlenout é o homem mais revoltado do reino, com seu desejo de liberdade tomado desde o ventre ele tenta de todas as formas conquistar a independência. Impulsivo, arrogante, vaidoso e rude, verá a sua vida virar de cabeça pra baixo quando se apaixonar perdidamente pela camponesa que ele detestava com todas as forças e terá de lutar em favor de um amor proibido pelo rei, nessa luta ele irá amadurecer e descobrir coisas que antes lhe passavam despercebidas, e quando chega o felizes para sempre: é aí que o tormento começa... As Crônicas de Marlenout conta a história de um reino, um amor, uma tragédia, uma procura, várias reviravoltas e mistérios com uma pitada de clichê e um punhado de originalidade que com certeza vai te surpreender e te prender do início ao fim.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
98 chapters
Capítulo 1
TRENTO:Meu nome é Willian Trento Rouis IV, conhecido como príncipe Trento, o sublime herdeiro do trono de Marlenout. As pessoas costumam me confundir com um deus e isso  me aborrece, pois o fato de eu ser filho do rei me torna melhor que os outros, porém mesmo se eu não fosse o filho do rei eu seria melhor que os outros, realidade. Tenho o cabelo cortado curto e escuro, olhos acinzentados e lábios vermelhos, queixo duro, o que me proporciona um rosto marcante, sou alto e como todo homem de boa saúde carrego peso. Ontem fiz meu vigésimo sexto aniversário, o que fez com que o rei, meu pai, me submetesse a uma espécie de entrevista, perguntando quais eram os meus planos para o futuro e quando pretendo me casar... eu fui sincero, respondi que não tenho plano algum, já que meu destino foi decretado no momento em que nasci: serei rei; já a parte de esposa eu respondi que sou muito jovem, o que não é mentira, meu pai não gostou de nenhuma das respostas.&n
Leer más
Capítulo 2
Trento:Chego eu e Filipe nas escadarias principais do castelo escoltados por dois soldados, creio que estavam se certificando de que compareceríamos ao gabinete de meu pai. Viro-me de frente para os soldados, parando abruptamente:— Muito obrigado pela companhia, entretanto, seguimos só nós dois  — retorno ao trajeto. No corredor, bem próximo ao gabinete do rei, ainda com o cabelo molhado Filipe chacoalha a cabeça balançando os cabelos, e neste ato seu cotovelo derruba um vaso de cristal que estava posto em cima de uma pequena mesa em baixo de uma pintura.— Nossa, merda, veja só o que fiz... — Filipe se lamenta, abaixando-se para juntar os cacos. — Ninguém viu que foi você, então não foi você — levanto-o pelos ombros. — Majestade... — Filipe gagueja visivelmente apavorado olhando para trás de mim. Viro-me e dou de cara com o rei Willia
Leer más
Capítulo 3
UMA SEMANA DEPOIS... LUARA: Tenho vinte anos e venho de uma família importante... Meu nome é Luara Lenne, sou uma moça de cabelos amarelo e longos até a cintura, olhos verde claro e cílios espessos. Meu pai vive dizendo que eu nasci para ser da realeza, eu já expliquei para ele que como eu sou a filha do Duque Lionel Lenne eu basicamente sou da realeza, porém ele quer ainda mais para mim. Nunca o entendi e nem pretendo entender, já que minha opinião de nada serviria mesmo, mas, enfim, isso é conversa de pais e meu pai vivia dizendo isso das minhas duas irmãs também, porém elas já se casaram... Lunna a minha irmã mais velha de vinte e cinco anos, se casou com o Marquês do condado de Óvlis, ele é um velho muito gentil, ele é nobre e lordaço, isso foi o suficiente para Lunna, vivem em Óvlis que fica muito
Leer más
Capítulo 4
SARA: Moro em Óvlis, uma cidade enorme e cheia de oportunidades... E eu felizmente tive uma. Meu nome é Sara Duarte e tenho vinte e dois anos. Sou morena dos cabelos crespos volumosos até o meio das costas, lábios carnudos, e minhas pernas são compridas... Sou extremamente alta, infelizmente. Trabalho como ajudante nas limpezas do colégio Marlenout, e meu pagamento é receber as aulas, acredito estar fazendo uma ótima troca, o colégio Marlenout é o melhor colégio do país, é o mais caro e frequentado apenas pelos filhos dos mais poderosos. Meu pai e minha mãe trabalham na casa do Marquês Jordan Lim, um adorável e gentil senhor, pena que não posso dizer o mesmo de sua jovem e bela esposa Lunna Lenne Lim. Eu e meus pais moramos na casa do Marquês, minha irmã morava também, infelizmente ela morreu faz um ano. Eu, além de trabalhar no colégio, tenho que trabalhar na casa do Marquês também.(...) — Já sabemos que o príncipe Tre
Leer más
Capítulo 5
UMA SEMANA DEPOIS... TRENTO: — Alteza, não podemos prosseguir sem uma estratégia! Não podemos ser vistos, não poderemos desembarcar no porto de Lusem, o que faremos? — Haian pergunta cautelosamente, Lusem é a primeira e mais próxima cidade de Kahabe. Eu me livro dos pesos com os quais eu estava me exercitando, e muito empolgado eu calço meus sapatos que eu havia tirado. — Ei! — chamo Filipe que não está muito longe e faço sinal para que se aproxime. — Alteza, o que faremos? — Haian insiste em perguntar. — Já estou fazendo, general, apenas me prepare um barco e uma bússola, do resto eu dou conta! — Respondi em tom  ríspido. Tenho o evitado durante a última semana. O general é um homem moreno dentro de seus quarenta e cinco anos, usa um bigode, é forte e corajoso, pena que deixa seu título lhe subir
Leer más
Capítulo 6
"O vosso rei Willian Trento Roius III convoca todas as donzelas de boa saúde, livres e graduadas entre o décimo oitavo e vigésimo quinto aniversário para uma reunião de grandíssima importância no salão principal de sua cidade, a qual não poderá faltar ao menos uma. *Todas as donzelas deverão vestir trajes de festa. *Todas as donzelas deverão estar com as mãos limpas e bem cuidadas. *Todas as donzelas deverão apresentar algo de suas virtudes. Sendo assim no quarto dia do nono mês, logo que o sol nascer. LEMBRETE: A família que possuir uma donzela dentro dos requisitos e não a mandar, será julgada como traidora do trono. P.M. George Julius. " LUARA: Estamos eu e meus pais em nosso café da tarde no nosso jardim, Hadassa está em pé um pouco afastada da mesa em que estamos. Estamos conversando sobre um comunicado que foi espalhado por Marlenout intei
Leer más
Capítulo 7
REI WILLIAN: Estou com os dentes cerrados e as mãos grudadas no punho, irado. Não consigo entender como foi que meu plano deu tão errado.— Explique bem para mim, general... como isso aconteceu? O general respira fundo, é visível o pânico e arrependimento em suas expressões. — Vossa majestade conhecia o príncipe Trento... ele era difícil... — ouvi-lo dizer sobre o meu filho no passado, me destrói por dentro, mas não deixo transparecer, infelizmente entramos em guerra contra Kahabe. — Ele desceu do navio com Filipe e foram resgatar os soldados sozinhos...Levanto-me da cadeira chocado com tamanha incompetência de Haian.— ESTÁ EXPLICADO, GENERAL! A CULPA É SUA! VOCÊ SABIA O QUE TINHA DE FAZER E SIMPLESMENTE O DEIXOU IR SOZINHO? — Questiono alterado, com lágrimas tristes escorrendo pelo meu rosto. — Ma-majestade, ele não me ouvia! — exclamou ap
Leer más
Capítulo 8
DIAS ATUAIS... REI WILLIAN: — Por que tinha de ser tão teimoso, meu filho? — estou lamentando sob a pintura do meu filho, em minhas mãos.Na pintura ele está sorrindo... um sorriso natural de livre e espontânea vontade, não um sorriso debochado o qual ele sorria na maioria do tempo. Ele está correndo em Rajão pelos jardins do castelo. Esta pintura foi tirada pelo pintor Juan Carlos, o melhor pintor de Marlenout, o melhor por que ele tem memória fotográfica e suas pinturas podem ser facilmente confundidas com uma imagem real. E agora Trento limitou-se à lembranças nem tão boas, não nos comunicávamos com muita frequência, fui muito duro com ele.Deposito o quadro de Trento em seu lugar e me encaminho até os aposentos da minha rainha, ela está desolada e não quer falar comigo, já se passaram dois dias desde que recebemos a notícia de que nosso amado filho morreu e ela ainda não
Leer más
Capítulo 9
TRENTO: — Não quero nem estar presente! partirei para Óvlis hoje ainda! — Filipe comenta visivelmente amedrontado quando já estamos quase chagando nas areias de Marlenout.Alguns dias depois que o navio de Marlenout zarpou levando a notícia de nossa morte, nós zarpamos no navio do nosso grupo secreto, o navio Negro, que nos deixou com uma bússola em um barco há algumas horas das margens de Marlenout.Eu me arrependi! não vou negar que me pareceu muito atraente a ideia de ver meu pai se culpando pela minha morte, contudo... e a minha mãe? E todo o povo de Marlenout? o que pensariam de mim quando soubessem que tudo não passou de mais uma brincadeira do príncipe Trento? e o mais preocupante de todos... e se meu pai atacar Kahab
Leer más
Capítulo 10
TRENTO:Ela está me encarando com olhos apreensivos, é perturbador o quanto está nervosa.— Por que não me entrega isso? — com um golpe habilidoso eu retiro a espada de suas mãos e ela rapidamente tenta correr, eu a seguro pelos cabelos fazendo-a parar de imediato.Oh, belos cabelos.— Solte-me! — tenta escapar,debatendo-se — seu fedido! Solte-me!Ela está claramente me insultando e dentro de seus olhos eu posso ver faíscas de raiva, quem essa insolente pensa que é para sentir raiva de mim? Seguro seus braços e prenso-a novamente contra a pedra, a moça me olha com um olhar de desafio, porém é notável o leve desespero.— Eu tenho que te agradecer por ter cabelos tão compridos! — Sorrio pegando em seu cabelo macio, são massagens para as minhas mãos — ou eu teria de correr atrás de você, — aponto o dedo indicador — é claro que eu teria te alcançado no terc
Leer más