Índice
28 chapters
•Prólogo
•Apolo                                                                                                                                                                                                                                                                                      E
Leer más
•Capitulo 1
•ApoloBom dia, mais um dia começa, e eu tenho que levantar logo cedo, que horror, acho que bebi demais na noite passada, mas felizmente Deus ajuda quem cedo madruga, antes que eu pudesse me espreguiçar eu levanto e vou direto para o banheiro fazer minhas higienes, assim que entro no banheiro me olho logo no espelho, o que eu vejo? Vejo um garoto extremamente gostoso e irresistível, passo a mão no meu amiguinho de baixo que já estava extremamente duro, na verdade eu acordei já com ele duro, o que é normal, quem nunca acordou com o você sabe o que ereto? Talvez seja por estar se passando coisas na minha cabeça ele não desceu por nada, tiro a cueca e entro no banheiro para tomar uma ducha gelada, eu estava em um puta estado de tesão acumulado, tá certo que eu transei duas vezes na noite passada, mas era algo maior do que eu, pego um shampoo que estava na prateleira e derramo um pouco em minh
Leer más
•Capitulo 2
Enquanto o professor de matemática se vestia eu me arrumava para sair da sala e fingir que nada tinha acontecido, se descobrem que eu estava praticamente dando para o professor de matemática ele poderia perder o emprego dele e eu seriaridicularizado pelo resto da vida.—Abre a porta e lembre-se não aconteceu nada aqui—pede o professor então eu abro a porta e dou de cara com a faxineira da escola, ela entra e logo em seguida eu saio.Fico meio pensativo com relação a o que eu acabara de fazer, acho que não foi muito politicamente correto da minha parte, mas eu desejava aquele homem. Minutos depois eu vou atrás dos meus amigos para dar uma volta, o intervalo tava quase no fim e eu nem tinha dado atenção suficiente pra eles.•BenjaminAcordo tarde e meus pais me dão bronca por mais uma vez eu não ter ido para a escola, já era o segundo dia que
Leer más
•Capítulo 3
•ApoloFinalmente chego em casa depois de um dia cansativo de aula, e olha que era só o segundo dia. Amanhã é quarta, tenho que me controlar pra não chegar de ressaca igual hoje, vou esquentar meu almoço, a Geruza já havia preparado, é minha empregada, que meus pais insistem em pagar pra fazer as coisas pra mim, pego o meu almoço na geladeira e esquento no forno, vou tomar um banho enquanto o almoço não sai.•BenjamimMais uma vez meus pais saíram e eu fiquei sozinho em casa, mas era até bom, precisava de paz de espírito, e com uma mãe que berra arriba e abaixo eu realmente tava precisando. Depois que eu almoço eu vou tentar assistir Elite minha série favorita, eu amo essa série sei tudo sobre ela, minha personagem favorita é a Lucrécia, enfim pro meu azar alguém bate na porta e eu me levanto com a força do ódio pra abrir e quando abro dou de cara com o Camilo, faço uma cara de surpresa ao ver o meu ex namorado na minha porta, o Camilo era um cara bonito
Leer más
Capítulo 4
•ApoloTentei ajudar ele a recolher os livros, porém ele me trata mal como se a culpa dele ter esbarrado em mim fosse minha.—Deixa, eu ajudo você—Digo já me abaixando para recolher os livros, me senti em uma série clichê onde o primeiro encontro era marcado por um esbarro.— Não precisa, eu não sou aleijado, e da próxima vê se sai do meu caminho pra eu não ter que esbarrar em você de novo!—Diz o garoto meio desaforado.Fico meio sem reação pela forma que ele me tratou pois estava apenas tentando ser gentil com ele.—Perai você que não olha por onde anda e a culpa é minha? Se toca se você não é aleijado é cego pra não ver por onde anda—Digo cruzando os braços e sendo meio grosseiro mas não iria deixar ele me tratar dessa forma.— vai a merda você é que fica aglomerando a passagem e eu que sou culpado? Vai tomar no....—Diz ele sem completar a frase—Da licença—Ele passa.Ele sai andando e nem deixa eu dar a resposta que ele merecia, o dia mal
Leer más
Capítulo 5
Depois que a aula acabou, Gustavo, Rafa, Licia e eu vamos até a quadra da escola para jogar conversa fora, o dia tinha sido muito cansativo, fiquei pensando um pouco no Benjamim, apesar de eu ter percebido que ele ele era um tanto complicado, mas até que ele era uma pessoa legal.—Apolo como o Benjamim tá?—Pergunta a Rafa curiosa.—Acho que já tá bem, mas o Leo bateu muito nele—digo em poucas palavras—Aquele babaca não se enxerga, temos que fazer alguma coisa—diz o Gustavo, fico meio pensativo com relação a tomar alguma providencia, mas no momento o Ben não queria.—Também acho, mas o Benjamim não quer que a gente interfira, então não podemos fazer nada!—digo sendo franco. Nesse exato momento o Benjamim chega ainda com o rosto um pouco arranhado, mas nada demais, por sorte eu tinha chegado a tempo para impedir que o Leo batesse mais nele.—Oi, eu...eu posso ficar aqui com vocês? Tá um pouco cedo e eu não queria ir pra casa—Diz Benjamim meio
Leer más
Capítulo 6
BenjaminFico meio sem reação. O que esse entojo fazia aqui? Óbvio que ele não iria me deixar em paz, já estava farto dele me perseguir, e olha que acabei de chegar aqui.—Não vai me convidar pra entrar?—pergunta ele com um sorrisinho esticado que não convence nem ele mesmo.—Muda o disco por favor, mas não, não vou te convidar pra entrar, por que talvez não tenha visto mas eu tenho visita!—digo sendo curto e grosso por quê eu sou é desses.—Nossa rápido você hein Ben, a gente mal terminou e você já tem macho novo na sua sala né—diz ele entrando sem ao menos eu permitir.Apolo—Tá falando de mim?—pergunto me levantando do sofá e vendo o tal que chegou cheio de moral.—Não imagina! Tem outro otário sentado no sofá do meu namorado?.—Eu não sou seu namorado, vai embora Camilo—Diz Ben.—Não vou embora daqui, não antes dele.—Cê não escutou cara? Vai embora—digo tentando permanecer calmo pois eu estava na casa alheia.Ess
Leer más
Capítulo 7
Camilo se senta no fundo e percebo que o Ben ficou aflito ao ver ele, no mais tento conforta-lo.— Relaxa tá, se ele tentar aprontar algo ele vai se ver comigo—Digo pegando na mão dele.—Espero que ele não apronte nada.—Diz Ben sussurrando baixinho para que o Camilo não ouvisse.Passado algumas horas chega o intervalo e eu Ben e Gustavo saimos da sala para andar pela escola.—Então aquele é o cara que você tinha falado?—pergunta Gustavo.—Sim, ele é ex namorado do Ben, e parece que ele tá fazendo de propósito só para tentar reconquistar ele.—É só que ele não vai conseguir, eu já deixei claro que não quero mais nada com ele—diz Ben cruzando os braços.—Se precisarem de ajuda me chamem, não vou deixar esse cara fazer nada com vocês.—Relaxa mano, se ele tentar ele vai ver como o diabo faz fogo no inferno—digo olhando pra ele sem me preocupar se ele vai perceber ou não.Benjamim começa a rir igual um doido e eu fico observando o je
Leer más
Capítulo 8
—Os dois, estão de castigo, não vou tolerar baderna na minha escola, alias senhor Apolo seus país vão adorar saber que você logo nos primeiros dias chegou atrasado, enfim, o castigo de vocês será organizar todos os livros da biblioteca, vocês terão um prazo de três dias, começando na segunda—disse a diretora sendo franca nas suas palavras, talvez eu devesse contar a ela o que o idiota do Leo fez com o Ben, mas decidi não fazer isso.saio da sala da diretora junto com o Leo e o mesmo faz ameaças, eu fico imaginando, será que esse garoto não tem jeito? Encontro o pessoal me esperando na porta, óbvio que não íamos desmarcar o nosso rolê.—O que aconteceu lá dentro?—pergunta Ben preocupado, percebi isso no olhar dele.— A gente só recebeu um castigo, organizar os livros da biblioteca em três dias, caso contrário ela irá chamar os nossos responsáveis—digo com tom de deboche e caçoando e todos começam a rir.—E o nosso rolê, ainda rola?—pergunta Lícia.—claro
Leer más
Capítulo 9
Chego em casa radiante após o dia de hoje que foi incrível, agora estou namorando sério, meus pais não estão em casa, provavelmente estão resolvendo assuntos do trabalho deles, subo direto pro meu quarto e pulo na cama e abraço o travesseiro super feliz.Tiro a roupa e me enrolo em um roupão para tomar banho, mas antes decido descer para beber água e do nada dou de cara com Geruza e me assusto, tal como ela também se assusta.—Ficou maluca dona Geruza, quer me matar do coração?—digo passando a mão no peito devido o susto.—Desculpa senhor Apolo, você me assustou também, não vi o senhor chegar.—Aliás, o que cê faz aqui, hoje não iria precisar dos seus servi.....ah droga, esqueci que meus pais voltaram, e que mamãe é péssima na cozinha.—Ela disse que iria precisar de uma empregada fixa então aqui estou.—você não imagina como estou feliz em te ver, por que tenho um pedido muito importante pra fazer dona Geruza.—Hmmm, pois peça—diz ela desco
Leer más