Meu Juiz Pervertido

Meu Juiz Pervertido PT

Betânia Vicente  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
15Capítulos
1.5Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Meu nome é Dominique Ferreira e sou a nova secretária de ninguém mais, ninguém menos que sua excelência, o juiz Nicholas Ruiz. Ele é quente como inferno, só tem um porém: ele não me nota como mulher! Afinal por que um homem como ele me notaria? Eu sou apenas uma simples secretária, que também é gordinha. O que aconteceria se eu mandasse sem querer para ele uma mensagem dizendo que iria a uma festa fantasiada de Devassa e que, de quebra, levaria um chicote? Era para ser uma simples brincadeira, mas, em vez de mandar a mensagem para uma amiga, acabei enviando para certo juiz pervertido! * Sou conhecido como o juiz implacável, sempre dou as sentenças com mãos de ferro. Nunca fui um homem de misturar trabalho com prazer, até o dia em que a minha mais nova secretária começou a trabalhar comigo. Sempre tive tara por mulheres mais cheinhas. É uma pena que não posso foder Dominique — ou posso? Certo dia, recebo um interessante e-mail e decido que é a hora de fazer um belo julgamento. A ré seria ninguém mais, ninguém menos que a minha linda e devassa secretária. Vamos ver se ela será punida ou absolvida?

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
15 chapters
Capitulo 1
Créditos capa retirada do site: <a href="https://crello.com/pt/unlimited/stock-photos/142979877/stock-photo-stylish-man-with-eyeglasses/">Foto Retrato de homem elegante com óculos em poltrona em preto criado por VikaOvcharenko</a> Dominique O dia começou como todos os outros: chato e estressante — o que é normal quando se é secretária de um dos homens mais requisitados e respeitados da cidade. Ele é tão gostoso, tão poderoso e sensual demais, para minha própria  insanidade e tem aquele olhar de predador que faz a minha calcinha ficar arruinada.Na verdade, Nicholas até que é um bom chefe, só que às vezes eu tenho vontade de o matar. O que o homem tem de gostoso, tem de mandão. Quem ele acha que é? Ah, sim, ele é o todo-poderoso juiz. Deus, esse homem é perfeito em tudo, e quando eu digo e
Leer más
Capitulo 2
Nicholas Eu não sei o que é fazer sexo há meses, meses desde que a minha maldita secretária começou a trabalhar comigo. Minha mão, coitada, não aguenta mais ficar batendo uma, toda santa noite é a mesma coisa.Eu fico ali, ouvindo Dominique me passar todos os dias o bendito cronograma dos casos futuros e, como um maldito pervertido que sou, só penso na forma como deveria debruçá-la sobre a minha mesa, afastar as suas pernas e verificar que calcinha estaria usando.Droga, eu não preciso olhar para baixo para saber que o meu pau está ereto. Acho que já virou rotina, e olha que tentei, e Deus sabe como, ficar longe dela. Fui atrás de outras mulheres, e nada: o filho da puta do meu pau não estava nem aí. Ele quer mesmo a senhorita Ferreira, aquela cujo nome me deixa a ponto de precisar de banho gelado todo dia.A mulher nã
Leer más
Capitulo 3
Dominique Eu estou sentindo um misto de medo e excitação, querendo saber o que exatamente acontecerá comigo dentro dessa sala. Eu estou parada, em frente à porta fechada. Ah, como eu quero entrar e, ao mesmo tempo, virar e sair correndo sem olhar para trás. Mesmo que isso se custe o meu emprego. Ainda tenho vontade de me chutar por ter feito uma besteira dessas! Ao mesmo tempo, também tenho curiosidade para saber o que ele quer comigo.Ele não poderia simplesmente se esquecer de mim, não? Era bem simples, eu vou almoçar bem tranquila e tentarei deixar de lado a merda feita. Mas, não, o todo-poderoso não se esqueceu. Agora o que vai acontecer aí dentro, só Deus sabe!Acabo tomando toda a coragem que me resta e entro de uma vez em sua sala. O juiz está mais poderoso que nunca, sentado bem confortavelmente à sua mesa. Só não consigo v
Leer más
Capitulo 4
Nicholas Nós dois sabíamos que ela mentia na maior cara de pau. Essa mulher está aqui, de pernas abertas, mostrando como a sua bela bocetinha está encharcada. Eu sinto seu cheiro e me controlo para não descer o zíper da calça, puxar o meu pau e me afundar em suas deliciosas carnes.— Você ainda não me respondeu a minha pergunta — eu a lembro e fico olhando para ela, vendo como se a sua respiração ainda está ofegante.— Que pergunta? — ela se faz de desentendida.— Se você merece ou não receber uma punição minha, senhorita devassa.— O senhor está completamente louco! Posso me levantar? — ela exclama, mas puxo seus braços e ergo seu corpo, a sentando na mesa e me encaixando no meio de suas pernas.— Se estou louco? Sim, eu estou! — confesso e levo a m&at
Leer más
Capitulo 5
Dominique Eu mesma não acredito no que acabei de fazer, deixei o todo-poderoso lá na sala dele, com o pau para fora e ereto.Deus, como precisei ter forças e não acabar cedendo à vontade de ser fodida por ele. Mas não podia fazer ali, na sala, por mais que a tentação estivesse me fazendo pecar.Vou bater meu ponto praticamente correndo, não tive chance nem de poder almoçar. Mas não posso reclamar de nada, pelo menos pude ver o tamanho do pau do meritíssimo, e aquilo era um senhor pau.Quando retorno do local do ponto, sigo para o banheiro, verifico o meu estado e fico completamente vergonhada. Não esperava que estivesse tão descabelada e com a boca inchada.E tinha um porém: eu esqueci a calcinha na sala dele. Mas nem por ordem ou decreto eu entrarei naquela sala. Eu tenho amor a minha vida e sei muito bem que aticei a fera.Leer más
Capitulo 6
Nicholas Ela achava que eu não daria troco, não? Ela deve ter tomado mesmo um susto quando mandei aquele vídeo erótico. Sim, o que eu tinha feito era perigoso, se caísse em mãos erradas. Mas uma coisa eu poderia dizer: Dominique pode ser safada, mas é minha safada de confiança.Volto a colocar a sua calcinha no nariz, ainda sentindo o seu cheiro. Não vejo a hora de fazer Dominique minha. Estou em casa, deitado e nu, louco para saber o que ela estará fazendo a essa hora. Será que ela é mesmo capaz de comprar um vibrador? Não, ela não faria essa loucura... ou faria? Droga de mulher que acaba com meus nervos. Ela não tem ideia de como tinha forças para me deixar trêmulo.E enquanto ainda cheiro a sua calcinha, em minha mão está novamente o meu pau. Eu o acaricio, o deixando mais ereto do que estava e louco para foder uma
Leer más
Capitulo 7
Dominique Se eu morresse agora, poderia morrer em paz. Esse homem sabe muito bem beijar. Jogo as mãos em seu pescoço e praticamente sou erguida por seus braços.Fico na ponta dos pés, sou abraçada e sinto o volume bem elevado do seu pau.— Nossaaaaa..... — Ouço a voz da minha amiga, paro de beijar Nicholas e me viro para ela, com certeza estou bem vermelha.— O que foi? — pergunto, curiosa, e fico de costas para Nicholas. Mas sou abraçada e fico praticamente derretida em seus braços.— O que foi? Estou morrendo de inveja! — ela declara com ironia, me fazendo sorrir.— Prazer, eu sou o Nicholas! — Ele estende uma mão e com a outra fica agarrado em minha cintura, como se não desejasse que eu fugisse.Talvez eu mesma não quero que ele me solte. Sim, estou morrendo de medo e também de inseguran&
Leer más
Capitulo 8
Dominique Olho para ele, ainda encantada que esse homem gostoso está mesmo interessado em mim e agradeço a Deus por isso! Só de ver Nicholas dirigindo, todo-poderoso, fico muito excitada. Droga de bebida! Se bem que eu já estou sentindo o álcool indo embora do meu organismo...— Amor? — ele me chama carinhosamente, e meu coração bate mas acelerado, me despertando dos meus pensamentos.— Vo-você me chamou do quê? — gaguejo, com medo de ter ouvido mal.— De amor, você sabe que gosto de você! — ele declara.— Eu acho que ainda estou muito bêbada... ou devo estar dormindo?— Olha, bêbada, pode ser que você ainda esteja, mas dormindo, não, com certeza! — ele comenta, sorrindo.— Eu estou surpresa!— E por que você está tão surpresa? &mdas
Leer más
Capitulo 9
Nicholas Não dou tempo para Dominique mudar de ideia: eu a levo direto para o meu quarto, a coloco sentada na cama e preciso de controle para não rasgar as suas roupas e fazê-la minha de uma vez. Como ela está linda e gostosa, com os cabelos embaraçados!— No que você está pensando tanto? — ela pergunta, curiosa, e passa a língua nos lábios, me deixando mais duro ainda.— Estou com medo de te machucar! — declaro com sinceridade.— E você quer desistir? — questiona, e vou até ela, me ajoelho e passo a mão em seu rosto e seus dedos em minha boca.— Só se você quiser! — respondo, querendo deixar Dominique bem confortável.— Eu não quero desistir, e você? — retruca e vai descendo a alça do vestido, fazendo meus olhos desviarem do belo rosto e caír
Leer más
Capitulo 10
Nicholas — Espero que esse gemido seja de aprovação — brinco e volto a beijar sua pele. A cada toque, passo a língua e a ouço gemer e pedindo mais e mais.— Sim, continua....— Ah, pode deixar, que vou continuar! — eu a tranquilizo e continuo beijando durante alguns minutos antes de parar.— Continue.... — ela pede rapidamente.— Sim, minha devassinha, aguenta mais um pouco! — Agora vá até o centro da cama.Ela obedece com um pouco de dificuldade. Pego o champanhe e o coloco ao lado da cama, voltando para perto de Dominique. Abro as suas pernas e me coloco no meio delas.— Nicholas, o que você está aprontando?— Logo você vai saber, agora quero que fique quietinha — digo, me deito em cima de seu corpo e dou um longo beijo, mostrando que não farei mal algum a ela.&mdash
Leer más