O Tormento dos Inocentes

O Tormento dos InocentesPT

A. V. Sants  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
2Capítulos
174leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Após a derrota em Nova Iorque, Alice finalmente estava nas terras desconhecidas do Submundo. Cercada de milhares de sobrenaturais marcados pela guerra que assolava os muros das cidades e dizimava fortalezas inteiras, ela precisava aprender o verdadeiro significado de ser uma nefilim enquanto lutava por sua segurança. Com os segredos de sua mãe finalmente vindo a tona e os dois lados da guerra exigindo sua cabeça, Alice partiu numa aventura com Gabriel em busca de sua família pelo território hostil. A segunda parte da historia revelaria não somente os segredos obscuros de sua família, mas a verdade envolta em sangue que culminou em sua existência. Fugindo da perseguição dos arcanjos e da caçada dos demônios, Alice encontra seu destino nas mãos do homem destinado a matá-la.

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
2 chapters
Capítulo Vinte e Cinco
Miramar, Província de Soultern Dentro do santuário das águas, deitada sobre finos lençóis de seda branca estava Elena White, o dossel dourado sob sua cabeça segurava as delicadas cortinas e no quarto um doce cheiro de jasmim pairava no ar vindo das velas aromáticas em sua mesa.  Os móveis de ouro maciço e os candelabros de cristal decoravam o cômodo, sob o teto os galhos das árvores decoram a abóbada de vidro com suas folhas verdes e flores rosadas, sem jamais caírem no chão. O crepitar da lareira mantinha o quarto quente, Elena se levantou e pôde notar seu reflexo no grande espelho ao lado que completava a decoração como uma pintura renascentista.  Caminhando em direção a varanda, o vento se chocou contra a camisola de seda arrepiando a pele leitosa, as bochechas exibiam um adorável tom de vermelho quando se
Ler mais
Capitulo Vinte e Seis
  Ao chegar nos portões de Miramar, Elena subornou um guarda para que tivesse um lugar no próximo comboio que partiria para o acampamento refugiado mais próximo, um conjunto montado pela milícia da cidade de Elentir. Quando as casas antigas e as barracas se fizeram presente após a estrada e a passagem do rio West, a sacerdotisa seguiu para um dos prédios mais baixos de onde se podia ouvir sons de gritos e gemidos de dor.  A ala hospitalar improvisada pelo exército de magos estava abarrotada de refugiados, muitos deles recém chegados do ataque à Travessia Noir. Após passar por duas mulheres baleadas com membros amputados e um homem velho sem os olhos, Elena foi parada por uma das curandeiras.- A senhora chegou, Lady Elena. - A Sra. Miller anda rapidamente com seu corpinho roliço balançando sobre o uniforme da ala médica. - Temos um caso para a senhora, um garotinho foi atingido no ataque. Não conseguimos identificar o que está matando ele, mas permanece ativo.
Ler mais