Amor e Paixão no Caribe

Amor e Paixão no CaribePT

Tara Clear  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
92Capítulos
6.7Kleituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Quatro amigas inseparáveis... Uma viagem inesquecível... Inseparáveis desde a infância, Tamara, Mallu, Anna Laura e Viviana sempre estiveram presentes uma na vida da outra. Depois do colegial, cada uma seguiu a sua vida, mas nem por isso os laços foram cortados. O que você faria por uma amiga? Sua melhor amiga... Desiludida e traumatizada pelo abandono de seu grande amor, Tamara se fecha para o mundo. As três amigas então se reúnem para tirá-la desse buraco negro, e uma delas tem uma ideia sensacional. A viagem dos sonhos... Um cruzeiro pelas ilhas do Caribe... Decididas a fazê-la voltar a viver, elas embarcam em uma viagem que promete novas amizades, novos amores e muita aventura!

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
92 chapters
Prólogo
As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem. Lilian Tonet  — Eu já disse que não! — Tamara gritou com raiva e bateu a porta do quarto trancando por dentro.Na sala sua mãe chorava desolada sem saber o que fazer. Sua amada filhinha estava em pedaços, retalhos e ela já não sabia mais o que fazer para ajudá-la.No quarto, Tamara deixou as lágrimas de revolta vir à tona. A vida era sua e faria o que bem quisesse! E daí se não queria mais sair de casa?! O problema era seu e ninguém tinha nada a ver com isso!Indo até o banheiro, ela se olhou no espelho de corpo inteiro. Aquela imagem lhe dava raiva, ódio. A garota de antigamente que adorava arrumar-se e usar o que estava em alta na moda, morreu, em seu lugar, surgiu uma vers&
Ler mais
Capítulo Um
... dias depois... O barzinho estava vazio àquela hora, por conta do horário que ainda era cedo. As duas moças pediram cervejas e conversavam animadas enquanto esperavam pela chegada da amiga.— Eu espero que a Anna Laura não demore. — a loira comentou tomando mais um gole da bebida em seguida.   — E que seja importante o que ela tem a dizer. — a morena de cabelos cacheados completou rindo e a outra riu também.— Você tem notícias da Tamara? — Viviana, a loira perguntou.  — A tia Inês disse que ela está a cada dia mais arredia e não quer sair de casa. — Mallu respondeu com ar tristonho. — Vive de casa para o trabalho. — Cara isso não é justo! Não com ela. A Tammy tinha uma vida, era feliz! Aí de repente, por causa de um idiota, tudo muda.— Eu també
Ler mais
Capítulo Dois
Os dias passaram rápidos e a viagem se aproximava. Tudo já estava pronto, faltava apenas contar a Tamara, mas isso elas deixaram por último, já que sabiam que a amiga iria surtar quando soubesse.Anna Laura estava em seu trabalho quando recebeu uma mensagem em seu e-mail. Era fisioterapeuta em um SPA bastante famoso em São Paulo.Na hora do almoço ela verificou a mensagem e soltou um grito no restaurante onde estava almoçando, todo mundo a olhou, mas não estava nem aí. Decidiu mandar uma mensagem para as amigas no mesmo instante.Preciso falar com vocês urgente! Chamada de vídeo à noite ok.Enviou a mesma mensagem para as duas, não mandou no grupo privado delas porque Tamara também participava, apesar de ela raramente falar algo.    Mallu e Viviana ficaram curiosas com a mensagem e na hora em que chegaram do trabalho já
Ler mais
Capítulo Três
— Então amiga a gente também vai entrar de férias e vamos viajar juntas. Tamara olhou para cada uma delas.— Se vão me chamar para ir junto, a resposta é não. — ela disse levantando.— Porque não? — Viviana perguntou.— Porque não quero, não to com vontade.— Amiga você tá de férias, vai passar trinta dias enfurnada dentro desse quarto?— Já falei que não Anna.           — Não quer nem pensar na ideia?— Não Mallu, eu não vou e pronto. Tamara deu as costas às amigas para que elas não vissem a tristeza em seus olhos. A verdade é que adoraria ir viajar, mas agora tinha medo, medo de tudo. Um medo irracional que tomava conta de seu ser quando pensava em fazer algo diferente de sua rotina de casa para o trabalho. O coração disparava, as mãos suavam, e parecia que ia desmaiar.— Nós vamos fazer um cruzeiro. — Anna Laura disse e Tammy sentiu seu coração apertar, ela sempre tinha sonhado em ir a um c
Ler mais
Capítulo Quatro
Olhando para o enorme navio ancorado no porto de Miami, Tamara sentiu medo.— Caralho! — Lívia exclamou tirando os óculos escuros.— Modos Lívia! — Viviana reclamou a irmã caçula que deu de ombros.— Tudo bem? — Mallu chegou perto da amiga sabendo que ela estava com medo.Tamara assentiu inspirando fundo. A viagem de avião até que tinha sido tranquila, apesar de ela sentir um medo aterrador desde que tinha colocado o pé para fora de casa. Ainda tinha discutido com o pai antes de viajar só para melhorar.  — Qualquer coisa você me fala tá. — Mallu disse dando um beijo na amiga e foi até o Uber ajudar a pegar as malas. Foram necessários dois carros para trazer as cinco garotas e toda a bagagem delas. Tamara colocou os óculos escuros e ajeitou a bolsa transversal ainda olhando para a enorme embarcaç&atild
Ler mais
Capítulo Cinco
— Eu não sei onde tava com a cabeça quando concordei com isso. — Steve resmungou dando um gole na cerveja.— Simples cara, você veio porque a Nat pediu. — Jeff disse rindo e olhando para as pernas de uma mulher que acabava de passar em sua frente.— Pior que foi isso mesmo. — ele concordou olhando para a pista de dança onde Will dançava com uma moça ruiva.— Se anima Steve! Você tá em um navio cara, tá cheio de gatas! — Jeff riu mais uma vez e também foi para a pista de dança.— Desanimado? — Tom perguntou parando ao lado do amigo.  — Um pouco. — confessou rindo e aceitou o brinde do amigo encostando a garrafinha de cerveja na dele. — Ainda to me perguntando por que aceitei essa viagem.— Porque é a despedida de solteiro do nosso amigo.— Falando nisso, cadê ele?
Ler mais
Capítulo Seis
Lívia tomou um banho e se sentiu bem melhor. Saiu do banheiro e se arrumou em silêncio para ir tomar café, não deixaria a briga com a irmã atrapalhar sua viagem. Anna também se arrumou com capricho, não ia negar que estava louca para reencontrar Will.  — Vai tomar café? — Mallu perguntou também se arrumando na cabine ao lado, elas tinham ouvido a discussão das irmãs, mas não comentaram nada.— Não to com fome. — Tammy respondeu sem tirar os olhos do livro.  — Você não pode passar a viagem inteira aqui dentro Tamara. Tá um dia lindo lá fora, cheio de gente nova para você conhecer.Desistindo Mallu foi para a outra cabine e junto com as amigas foi tomar café.As quatro se dirigiram ao salão de refeições entre brincadeiras e risos. Anna Laura olhava ao redor tentando
Ler mais
Capítulo Sete
Depois de passar o domingo inteiro na cabine e comer só frutas e os lanches que as amigas traziam, Tamara estava entediada.Já era tarde de segunda-feira, amanhã o navio faria sua primeira parada. Ela passava a maior parte do tempo sozinha, já que Mallu e as outras estavam sempre se divertindo, elas falavam muito sobre um grupo de amigos que conheceram no cruzeiro e ontem Mallu lhe disse que tinha ficado com um rapaz chamado Jeff.Tamara até que se sentia calma, mas sabia que isso era só porque estava na cabine, no momento que colocasse os pés para fora toda aquela angústia voltava.Olhando para o oceano, ela se lembrou do conselho que a mãe lhe deu quando se despediram no aeroporto: Viva sua vida e divirta-se.Por que era tão difícil fazer isso?Suspirando, voltou para dentro e foi remexer na enorme mala que tinha trazido, estava cheia de roupas novas, viu um vestido rosa
Ler mais
Capítulo Oito
— Ao Steve. — Anna disse erguendo a caipirinha. — Que salvou uma moça indefesa.— Ao Steve! — os outros gritaram entrando na brincadeira.— Para gente, não foi nada demais.— Perguntou o nome dela Steve? — Mallu indagou divertida.— Nem deu tempo, ela saiu correndo.    — Era bonita? — foi à vez de Tom provocar. — Ah vão se ferrar! — Steve respondeu e eles riram mais ainda.  — Podia tê-la chamado para fazer parte do nosso grupinho.— Anna tem razão. — Will concordou beijando a bochecha da “ficante”. — Não acho que ela estivesse a fim de curtir. — Dylan comentou e todos os olhares se voltaram para ele. — Ela parecia triste, solitária.— Triste demais. — Steve comentou relembrando a dor que virá nos olhos castanhos.<
Ler mais
Capítulo Nove
Deitada na cama, Tamara não parava de pensar no que tinha acontecido à tarde e também não conseguia esquecer os olhos azuis mais lindos que já havia visto.O que Mallu lhe disse também não saía de cabeça. Amanhã seria a primeira parada do La Reina Del Mar e ela estava com vontade de sair e conhecer um pouco da ilha de St. Maarten. Mas como ficar tranquila sabendo que Steve também estaria lá, já que Mallu disse que ele fazia parte do grupo de amigos com quem elas andavam, então era certeza que eles estariam todos juntos.Queria vê-lo novamente, olhar naqueles olhos azuis, mas estava com medo. A ansiedade era terrível.Deixou o livro de lado e olhou a noite estrelada pela janela, queria ter mais coragem. As meninas estavam lá fora se divertindo, dançando e bebendo e ela estava aqui, trancada em uma cabine. Mas ninguém a impedia de sai
Ler mais