Três Vezes Maria - 1

Três Vezes Maria - 1PT

Blue  concluído
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
22Capítulos
545leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Maria Cecília, Maria Clara e Maria Cristina, as irmãs mais diferentes de todas, Maria Cecília sempre foi a garota calma e tranquila que fazia de tudo para ser a melhor garota na faculdade ,Maria Clara era a irmã mais velha que trabalhava em uma empresa para ajudar as irmãs e Maria Cristina era a irmã nerd que não gostava de sair de casa, mas sempre estavam juntas para o que der e vier, porém Maria Cecília não faço a menor ideia do que pode acontecer quando resolver entrar em uma briga para salvar uma garota que nunca viu na vida, vai encontrar o inimigo a altura capaz de tentar fazer qualquer coisa para prejudicar lá e Maria Cecília só vai ter ajuda das irmãs para tentar fugir de um inimigo poderoso. Dylan Carter, o CEO da maior empresa da Alameda dos Anjos um homem cruel e frio que não pensa duas vezes em passar por cima de alguém apenas por diversão, vai encontrar uma garota de Sangue quente e bocuda capaz de qualquer coisa para agir certo, o ódio é visto no olhar os dois e por isso, serão inimigos, porém vão acabar descobrindo que até os inimigos podem se amar...

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
22 chapters
Sinopse
Maria Cecília, Maria Clara e Maria Cristina, as irmãs mais diferentes de todas, Maria Cecília sempre foi a garota calma e tranquila que fazia de tudo para ser a melhor garota na faculdade ,Maria Clara era a irmã mais velha que trabalhava em uma empresa para ajudar as irmãs e Maria Cristina era a irmã nerd que não gostava de sair de casa, mas sempre estavam juntas para o que der e vier, porém Maria Cecília não faço a menor ideia do que pode acontecer quando resolver entrar em uma briga para salvar uma garota que nunca viu na vida, vai encontrar o inimigo a altura capaz de tentar fazer qualquer coisa para prejudicar lá e Maria Cecília só vai ter ajuda das irmãs para tentar fugir de um inimigo poderoso.Dylan Carter, o CEO da maior empresa da Alameda dos Anjos um homem cruel e frio que não pensa duas vezes em passar por cima de alguém apenas por diversão, vai encontrar uma garota de Sangue quente e bocuda capaz de qualquer coisa para agir certo, o ódio é visto no olhar os dois e por
Ler mais
Capítulo-1- Três Marias
Pov- Maria Cecília.Maria Cecília - Cansada , essa era a palavra que eu queria dizer na minha mente para mim mesma depois de trabalhar o dia inteiro em uma loja de conveniência para pagar a minha faculdade e ainda por cima tinha que chegar em casa umas depressa possível para fazer algum lanche para Maria Cristina, minha irmã mais nova que trabalhava no centro da cidade em uma loja de jogos em conta a minha irmã mas velha , Maria Clara, trabalha em uma empresa como recepcionista na entrada. Então basicamente Maria Clara chegava em casa apenas para tomar um banho e dormir antes de comer alguma coisa, e também só chegava à noite de tanto que ficava trabalhando em pé e eu tenho que admitir que era muito cansativo para ela, Maria Cristina era a irmã mais tranquila de nós vir embora gostasse de ficar o tempo todo trancado dentro do seu quarto jogando vídeo game q
Ler mais
Capítulo-2- Faculdade
Pov- Maria Cecília.Maria Cecília- Quando cheguei no ponto de ônibus, me sentei em meu lugar colocando os fones de ouvido pois era meu momento de relaxar e sinceramente estava tão cansada que a única coisa que eu queria era dormir depois de um dia corrido de trabalho. Então eu apenas apanhei a minha cabeça no vidro da janela do ônibus e fechei meus olhos deixando que eu pudesse ouvir a música relaxante, pelo menos assim eu iria tirar da minha cabeça tudo que eu acabei sofrendo no meu trabalho e também o bullying, o assédio e todo esse tipo de coisa Sinceramente eu estava acostumada mas, era irritante , Eu sabia que tinha que passar por tudo isso simplesmente para que eu pudesse continuar seguindo em frente para pagar a minha faculdade e também ajudar minhas irmãs, tirando a parte que Maria Clara também estava me ajudando a juntar dinheiro para ajudar Maria
Ler mais
Capítulo-3- Voltando Para Casa
Pov- Maria Cecília.Maria Cecília - Eu gostava do horário do refeitório porque simplesmente podia descansar um pouco depois de tanto tempo trabalhando E para falar a verdade eu gostava disso, era o tempo que eu tinha para pensar na minha vida aí depois pensar em tudo que eu podia fazer para abrir minha clínica, tudo que eu iria precisar para colocar dentro da clínica para começar atender e também arrumar um espaço para abrir um centro médico em cima onde Maria Cristina poderia trabalhar, então eu e ela poderíamos trabalhar juntas mas a minha preocupação era Maria Clara, eu sabia que o sonho dela era abrir sua própria empresa, só esperava que ela realmente pudesse aprender isso o mais depressa possível e que nada de ruim possa acontecer com ela, eu não quero que minha irmã acaba sofrendo por causa de não conseguir realizar os seus sonhos, quando saímos para o la
Ler mais
Capítulo-4- Trabalho Árduo
Pov- Maria Cecília.Maria Cecília- Alguns minutos depois, Maria Cristina acabou voltando com alguns potes de batata e algumas latinhas de energético ela havia colocado tudo dentro de uma bolsa e colocado em cima da mesinha de centro antes de pegar uma garrafinha de suco e um pote de batata.Se sentou na escada novamente fica olhando para o lado de fora enquanto eu estava sentada na mesa junto com a Maria Clara que também estava nervosa com o dia de amanhã, Sinceramente eu ia começar a trabalhar ia se eu não era uma coisa muito boa eu não gostava do meu chefe pelo fato de ele ficar reparando na minha bunda e no meu corpo o tempo todo, eu tenho que admitir que isso era muito cansativo e que eu não gostava muito. Eu não gostava muito de trabalhar naquele lugar porque da última vez meu chefe quase tentou tocar na minha parte íntima e sinceramente se não foss
Ler mais
Capítulo-5- Que Droga Eu Fiz?
Pov- Maria Cecília.Maria Cecília- Apressei meu trabalho porque eu queria terminar o mais depressa possível e também sair de perto do Senhor Jorge, eu tenho que admitir que esse homem era muito chato e eu não queria ter que ficar perto dele o tempo todo. Eu estava muito cansada aí também estava sentindo o olhar do Senhor Jorge nas minhas costas, Eu podia sentir aquele olhar no gesto que manda minha pele para falar a verdade eu não estava gostando nada disso, eu realmente odiava aquele homem que queria que tudo isso poderia passar o mais depressa possível para ter que nunca mais voltar para esse mercado eu não queria nunca mais ter que voltar nesse lugar mas infelizmente eu ainda precisava do dinheiro para terminar a minha faculdade.Meu corpo estava cansado por causa de tanto trabalho mas ainda assim eu estava colocando tudo em seu devido lugar, acabei a
Ler mais
Capítulo-6- Dor De Cabeça
Pov- Maria Cecília.Maria Cecília- Depois o que aconteceu entre dentro da biblioteca e me sentei perto das estantes mas longes da entrada eu não queria correr o risco daquele homem acabar entrando aqui e me reconhecer, embora o beco estivesse um pouco mais escuro. Abrir a minha mochila apenas para tomar um pouco de água de dentro da minha garrafinha e logo em seguida respirei fundo olhando para o relógio no meu bolso, faltava Quase 10 minutos para que a aula pudesse começar então não tinha como eu ficar o tempo todo na biblioteca ou então ele ia perder minha aula e eu não queria ter que falhar justo nos últimos meses.Tomando coragem eu me levantei de onde estava e passei a mão pelos meus cabelos para ter certeza que tudo estava em seu devido lugar, então tomando coragem de alguns passos saindo do lugar onde eu estava escondida e segui pelo corredor da b
Ler mais
Capítulo-7- Final De Semana
Pov- Maria Cecília.Maria Cecília- Finalmente eu podia dizer que a felicidade existia, simplesmente pelo fato de que agora era final de semana e eu poderia descansar dois dias dentro de casa sem ter que ficar encontrando com o meu chefe no meu trabalho ou ter que ficar suportando a presença de Damon Carter na faculdade Sinceramente eu não gostava de ter que faltar a faculdade porque eu gostava muito de saber que estava quase me formando, mas eu estava feliz por descobrir que finalmente eu tinha pelo menos dois dias para descansar e que durante esses dois dias eu estava segura dentro do conforto da minha casa.Então quando eu estava deitada na minha cama, comecei a reparar no céu que estava limpo e o tempo pela primeira vez não estava chuvoso em um final de semana que eu ficava dentro de casa, me levantei da cama porque queria aproveitar o meu dia ao máximo q
Ler mais
Capítulo-8- Pressentimento Ruim
Pov- Maria Cecília.Maria Cecília- Quando saindo de dentro do parque principal ela estava conversando comigo dentro do sorrisos mas eu ainda estava sentindo o olhar daquele homem queimar nas minhas costas, mas eu tenho certeza absoluta que ele deve ter me confundido com outra pessoa para que pudesse estar me olhando desse jeito, então eu simplesmente dei de ombros e junto que não era comigo e acabei seguindo meu caminho, até porque eu não conhecia aquele homem então não havia motivo nenhum para que eu pudesse ficar nervosa com o olhar ele na minha direção.Então ainda no centro da cidade nós encontramos uma sorveteria onde eu me sentei junto com ela, uma atendente viu até nós e eu acabei pedindo o meu sorvete favorito que era de pedacinho de céu, um sorvete azul com gosto de tutti-frutti, eu gostava principalmente pelo fato de que minha língua ficava azu
Ler mais
Capítulo-9- Cruel
Pov- Maria Cecília.Maria Cecília- Eu estava completamente apavorada com medo de ele entrar dentro da loja e fazer algum tipo de mal comigo e com Raquel, principalmente com a minha irmã que estava aqui e se fosse realmente aquele homem, provavelmente fez alguma coisa com aquela garota por ela não ter feito nenhuma queixa sobre ele então minha alma quase saiu do corpo quando ouvi a porta será aberta, eu olhei para Raquel que apenas fechou seus olhos e colocou a mão sobre a boca, minha irmã respirou fundo se levantando e olhando na direção dele.Maria Cristina- posso ajudar com alguma coisa Senhor?- Ela perguntou de uma forma tão gentil e cordial que eu estava acreditando que a minha irmã era realmente um doce de pessoa, mas para falar a verdade ela era a pessoa mais azeda do mundo ela não gostava de fazer amizades e foi por esse motivo que eu ach
Ler mais