Um Inconcebível Amor

Um Inconcebível AmorPT

G. Grant  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
104Capítulos
482leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Aconteceu algo estranho... muito estranho comigo. Eu me apaixonei por meu melhor amigo. Eu simplesmente não sei como aconteceu, mas sei que simplesmente, fico bobo quando ele me olha e abre aquele sorriso. São as famosas borboletas na barriga? Eu quero que ele saiba, eu quero que ele corresponda, mas ele pode ficar bravo, sentir nojo ou até mesmo, parar de falar comigo...

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
104 chapters
Cap 1
P.O.V MikkeOi! Me chamo Mikke Lins, mais conhecido como Mike. Tenho 20 anos e moro em São Paulo.No momento, estou gravando um vídeo para meu canal que divido com meu melhor amigo, Tauan (ou Tau).Estamos gravando uma partida de Assassinos, uma das séries mais famosas do nosso canal. Conosco, estão presentes nossos amigos: Batista, Vj, Fefe e Caleb.– Gente, se eu morrer o Caleb tá' do meu lado - Tau diz rindo nervoso.– Quem te garante que eu, sou o assassino? - Call pergunta dando ênfase no 'eu', rindo anasalado.– Bom, eu também desconfio de você, Callbinho cray cray - ele soltou um 'hum', como se estivesse sorrindo.– Iiiiih... - todos falam, me fazendo rir.– O Tau tá' incriminando demais, não será ele o assassino? - Fefe se manifesta.– Eu acho que não é o Tau - Vj diz meio tenso.&nd
Ler mais
Cap 2
P.O.V TauanEstou esperando Mike me ligar, preciso muito falar com ele. Acho que o deixei preocupado pelo modo que falei, mas não é nada grave. Na verdade, é meio que uma surpresa que quero fazer para ele.Vou explicar.: Eu e Mike sempre tivemos o sonho de morarmos juntos, mas por conta da distância não tinha como, mas agora, tem! Ele vive dizendo "Tau, por que não vem morar aqui comigo? Já podemos, minha casa tem dois quartos, e é grande demais pra' se morar sozinho. Por favor!" e eu sempre dizia "Desculpe, Mikaé, mas eu não posso.Pelo menos, não por agora" e agora eu posso!Minha surpresa é que finalmente vou morar com ele e já está tudo pronto. Comprei a passagem, estou de malas arrumadas e já entreguei a chave do apartamento para minha mãe. Só falta o cabelo de algodão doce me ligar para eu contar a notícia!Sinto
Ler mais
Cap 3
P.O.V Felipe (Fefe)Bom, saí da call dos meninos e fui para a cozinha procurar algo para comer. Pelo menos, ver se tem...– Uhm, vejamos o que temos aqui... - digo às mim mesmo; sim, eu falo sozinho, é bom às vezes para refletir, não me julguem! - Opa, miojo! - o pego do armário — que surgiu do nada, é — juntamente com uma panela.Coloco água na mesma, ligando o fogo em seguida. Enquanto isso, vou até a geladeira e pego um refrigerante, o colocando na mesa. Nesse meio tempo, ouço meu celular tocando no quarto. Subo até o mesmo e vejo quem é. Um grande ‘Callbio’ piscava na tela, então, atendi rapidamente.– Oi, Callbio! - digo, descendo para a sala.– Oi, Felpopinha! Tudo bem? - ele me pergunta calmo, o que é raro vindo dele.– Sim, melhor agora que você ligou! - o ouço rir mínim
Ler mais
Cap 4
– Velha infância - digo, logo começando a tocar e cantar.- Você é assimUm sonho pra mimE quando eu não te vejo- Eu penso em vocêDesde o amanhecerAté quando eu me deitoOlho para o Rafa. O mesmo está sorrindo, mas também está um pouco corado...- Eu gosto de vocêE gosto de ficar com vocêMeu riso é tão feliz contigoO meu melhor amigo, é o meu amor- E a gente canta, e a gente dançaE a gente não se cansaDe ser criança, a gente brincarNa nossa velha infância- Seus olhos, meu clarãoMe guiam dentro da escuridãoSeus pés me abrem o caminhoEu sigo e nunca me sinto sóEle começa a cantar e eu o deixo seguir sozinho...- Você é assim, um sonho pra mim
Ler mais
Cap 5
- Sonho off -Acordo com o celular despertando. Tenho que me lembrar de colocá-lo para às dez, não às oito! Nem a escola eu vou mais, pra' que levantar cedo?! Já que acordei, vou ter que levantar...Me levanto e vou para o banheiro. Faço minhas higienes, tomo um banho e no meio dele, penso no sonho que tive. Era tão bom, tão real... Bem que eu gostaria que fosse, mas já que não era, vou ter que continuar vivendo a triste realidade e ter a felicidade na fantasia — um grande erro, mas estou sem opções —. Saio do banheiro com a toalha na cintura, vou ao meu armário, pego uma bermuda branca, uma boxer preta e uma camiseta vermelha.Me visto e desço para fazer meu café, quando do nada, vejo algo se movendo na cozinha. Não sei o que, ou quem é, mas não vou lá sem proteção! Pego uma vassoura que estava pró
Ler mais
Cap 6
P.O.V Felipe (Batista)– Oi, Callbio! Que milagre te encontrar aqui - digo surpreso.– Gostaria de entrar e tomar uma xícara de café? - ele diz, o que nos fez rir.– Palhaço - o cumprimento com um abraço, olho para o lado de dentro e vejo Fefe no chão (?) - Ah... atrapalho? Posso voltar depois.– Não, que isso! Pode entrar - ele diz me dando passagem - E o Vj, não veio? - ele pergunta fechando a porta.– Ah, ele já vem. Ele quis passar no mercado e comprar algumas coisas para a noite do filme - digo sorrindo, logo olho para Fefe - Oi, Felpo. Tá' bem aí?– Tô' sim - diz, rindo anasalado, ainda no chão - Tinha me esquecido da noite do filme.– Vj te ligou, mas você não atendia então, resolvemos vir - o ajudo a se levantar - E você, Call? Chegou muito mais cedo, o que te deu? - pergunto cu
Ler mais
Cap 7
P.O.V. TauanSão Paulo, cheguei! Graças a Deus esse avião pousou, não aguentava mais! Tinha uma criança do meu lado que não parava de chorar, foi um saco! Minha vontade foi de pegar um amendoim e enfiar na boca dela, só pra ela me deixar dormir em paz...Foi entediante e muito estressante! Porém, estou mais aliviado que finalmente cheguei.Voltando... Estou esperando minhas malas no despache, ainda não avisei o Mike que cheguei, vou esperar e fazer uma surpresa. Peguei minhas malas e fui esperá-lo em algum canto com menos movimento.P.O.V MikkeChegamos no aeroporto e estamos esperando o Tau na sala de embarque. Ele está demorando um pouco, o que já me deixa preocupado...Estou muito ansioso para vê-lo, depois de quase dois anos sem nos vermos pessoa
Ler mais
Cap 8
– O que vocês vão aprontar? - eu, Vj e Fefe perguntamos no mesmo tom.– Vocês vão ver - Tau diz rindo; aí tem coisa... - Só se preparem, okay?– Ué, pra quê? - pergunto, o olhando confuso.– Vocês vão passar vergonha... - os três respondem em uníssono.– Ai, lá vem merda... - Fefe diz, com a mão na cara.– Vou até filmar para o vlog - Vj diz, tirando a câmera de sua mochila.– Pode começar a gravar - Batista diz sorrindo entre covinhas.Vj começa a gravar. Nós ficamos parados por um tempo só para eles explicarem o que estava acontecendo.Depois peguei uma das malas de Tau e começamos a andar para o estacionamento, até que...– Agora! - Call diz e logo os três começam a cantar junto com a música que Batista ti
Ler mais
Cap 9
P.O.V MikkeDepois de toda aquela cantoria e vergonha alheia, chegamos na minha casa. Tau subiu para o meu quarto deixando suas malas lá, já que seu quarto não está pronto. Como já estava anoitecendo, decidimos fazer a noite do filme aqui em casa mesmo, e nesse exato momento, estamos em uma discussão para escolher o filme.– Vai ser comédia! - exclamou Caleb, já irritado.– Não, vamos ver um filme de ação! - Fefe diz, ele também está irritado.– Nada disso, vamos ver ficção! - Batata diz, acho que ele é o único que está calmo.– Só que não! Eu quero ver sangue! Armas, tiros... Isso que é filme! - Fefe diz cruzando os braços.– Você vai ver sangue, sim, mas vai ser em 3D! - Caleb pega uma vassoura e logo parte para cima de Fefe.Eu, Vj e Batista est
Ler mais
Cap 10
- You're just too good to be trueCan't take my eyes off youYou'd be like heaven to touchI wanna hold you so muchAt long last love has arrivedAnd I thank God I'm aliveYou're just too good to be trueCan't take my eyes off you- Pardon the way that I stareThere's nothing else to compareThe sight of you leaves me weakThere are no words left to speakBut if you feel like I feelPlease, let me know that is realYou're just too good to be trueCan't take my eyes off you- I need you, babyAnd if it's quite all rightI need you, babyTo warm the lonely nightsI love you, babyTrust in me when I say- Oh, pretty babyDon't let me down, I prayOh, pretty babyNow that I've found you, stayAnd let me love you, babyLet me love you - começo a dançar enquanto canto com os olhos fechados
Ler mais