Insensato Destino

Insensato DestinoPT

Lyne M.  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
33Capítulos
1.3Kleituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

O que fazer quando o destino age de forma insensata? Naomi e Alaric se conhecem na juventude e se tornam inseparáveis, compartilhando entre si, suas melhores experiências. Apaixonados, irão viver um lindo romance, mas tudo vai por água abaixo quando Alaric, por ironia do destino, muda-se de país. Sem direito ao adeus, cada um seguirá o seu caminho. Separados e com um segredo marcante, terão que lutar para deixar o passado no passado quando a verdade vir à tona. Serão eles capazes de perdoar para viver essa linda história de amor?

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
33 chapters
Prólogo
     Naomi Cooper       Ainda procuro explicações, para entender o que fez Alaric ir embora sem mais e nem menos, não se atreveu a dizer um adeus, nenhuma explicação, um bilhete, um recado, nada!      Quando nos conhecemos no colégio eu sabia que era ele, o meu príncipe encantado, o homem que fez meu coração bater mais forte e borboletas voarem dentro do meu estômago.         Fiz até planos na última folha do meu caderno, dois bonequinhos, namoro em forma de coração, nossa formatura, faculdade, noivado, casamento e filhos, estava tudo certo e bem planejado.       Só precisava ele aceitar! Sorrio igual boba lembrando.       Nós nos aproximamos graças a professora de biologia que separo
Ler mais
Tudo Mudou- Cap. 1
Naomi Cooper Estar grávida, adolescente e sozinha não é nada fácil, dou graças a Deus por ter minha mãe ao meu lado, que me deu toda a força do mundo nesse momento complicado. Não tive mais notícias do Alaric, no entanto, todos os dias enquanto olho o rostinho da nossa filha deitada no berço, penso como seríamos felizes os três juntos, não sei o porquê ele se foi e o porquê não se despediu.Meu peito dói com a dúvida, com o sofrimento do abandono, com a incerteza do futuro e, principalmente, se vou conseguir ser uma boa mãe. Estou estudando para tentar uma bolsa em uma das universidades mais renomadas de Atenas. A ilha onde moro não tem muitas faculdades.Meu coração fica dividido entre buscar um futuro melhor para mim, minha mãe e minha filha; e em ficar com ela e estar prese
Ler mais
Perdi o meu amor - Cap. 2
Alaric Zimmerman Não queria deixá-la, ela não sabia que naquele fim de tarde seria nossa despedida, não tive coragem de dizer que teria que partir. Não sei se um dia serei capaz de me perdoar por não poder explicar minhas razões, e sei que ela também não me perdoará por ter ido sem dizer um adeus.Não tem um dia sequer que eu não me lembre daqueles olhos, do gosto da sua boca e os nossos momentos juntos, não consigo acreditar que em nossa melhor fase, quando nos entregamos de corpo e alma um ao outro, acabou…Desde o dia em que meu pai me proibiu de vê-la, nós não nos falamos, não consigo aceitar que por causa do seu preconceito eu tenha que sofrer as consequências. Jamais vou perdoá-lo por ter me mandado para o Brasil.Sr. Henrico tinha muitos contatos e me colocou em uma escola militar,
Ler mais
Amigos? Cap. 3
Naomi A cada ano que passa, meu coração fica mais apertado por não ter minhas meninas por perto, o salário no restaurante melhorou muito e creio que logo poderei trazê-las para cá. Já estou no segundo ano da faculdade, cada dia que passa fica tudo mais difícil, todas as noites choro, pensando na vida que tive e na vida que quero ter.Leonardo e eu nos aproximamos bastante, notei seus olhares de segundas intenções, mas nunca tentou nada, e fico aliviada por isso. Apenas conversamos bastante, as nossas conversas fluem, é bom conversar com um homem mais maduro que os moleques que me enchem o saco.Está sendo muito difícil conciliar o movimento do restaurante com meus trabalhos escolares, e Leonardo tem me ajudado bastante quanto a isso, tem sido um bom amigo.─ Posso saber aonde vai, dona Naomi?─ perguntou Lucy com malícia.
Ler mais
Hora de recomeçar -Cap. 4
NaomiQuando saí do quarto, minha mãe e Leonardo estavam conversando na recepção, eu me aproximei. Logo minha mãe foi para o quarto para ficar com a Zoe e Leonardo me acompanhou até a cafeteria no andar de baixo.─Você está bem? ─ ele perguntou.─ Cansada, mas agora estou bem!─Por que nunca me contou que tinha uma filha?─ Isso não é uma coisa que a gente sai falando, Leonardo.─Achei que fossemos amigos Naomi, que confiasse em mim! ─ diz pegando em minha mão.─Somos amigos e sim, confio em você, só que prefiro evitar os olhares tortos por ser mãe solteira.─ Você não é a primeira e não será a última, aposto que é uma ótima mãe. ─ Sorri timidamente.─Obrigada, agora preciso providenciar uma casa, vou levá-la para Grécia, não ir
Ler mais
Uma chance - Cap. 5
Naomi─ Sejam bem-vindas a nossa nova casa ─ falo para mamãe e para Zoe que foi correndo ver o seu quarto.O apartamento que aluguei era num prédio simples, perto da faculdade e do restaurante, para começar está perfeito.─ Está feliz, Naomi? ─Leonardo pergunta, colocando a mão sobre meu ombro.─ Melhor impossível, obrigada por tudo Leo.─Tenho uma novidade para você, na verdade um convite, mas só direi hoje à noite em um jantar na minha casa.─ Hum! Combinado.─ Agora que estão acomodadas, vou deixá-las à vontade, preciso corrigir uns trabalhos. Até a noite, Naomi.─ Até Léo, e mais uma vez obrigada. ─ Se despediu da minha mãe e da Zoe e foi embora.─ Filha, adorei o apartamento, como conseguiu mobiliar tudo?─ Tinha minhas economias, mamãe, e fiz um empréstimo para
Ler mais
Não vou mais esperar - Cap. 6
Naomi Não era mais uma adolescente, mas ainda era muito imatura em relação ao sexo, depois do Alaric tive poucas relações sexuais, sabia exatamente aonde aquele beijo iria levar, estava nervosa e com medo, não medo exatamente, talvez receio, Leonardo já foi casado, é maduro e experiente, vai me achar uma boba.─ Ei, olha pra mim, não precisa ficar nervosa, só deixa acontecer─ disse ele e nesse momento achei que tinha pensado alto demais.─ Faz tempo desde a minha última... ─ interrompeu-me e disse:─ Não quero saber o que aconteceu no seu passado, nossa história começa aqui e agora, minha linda.Devagar passou as mãos grandes e macias por minhas pernas, até chegar aos meus pés, observando-os por alguns instantes, desprendeu a sandália e as retirou, beijando delicadamente os meus p&eacu
Ler mais
Num piscar de olhos - Cap. 7
Naomi ─ Bom dia, Naomi Cooper, tenho uma entrevista agendada com o Sr. Castellano.─ Bom dia, só um instante. ─ Aguardei sentada na poltrona da recepção, até a secretária voltar e pedir para que eu a acompanhasse até a sala de reuniões.─ Bom dia, senhorita Cooper, como vai? ─ disse um senhor muito bem afeiçoado, seus cabelos grisalhos indicavam a idade avançada com muita experiência. Antes de ir para entrevista fiz uma breve pesquisa na internet de quem era o advogado mais bem pago da Grécia. E ele é foda.─ Bom dia, Sr Castellano, muito bem, obrigada por perguntar, e o senhor? ─ assentiu em agradecimento a pergunta e apontou para a cadeira para que eu sentasse.─ Meu filho falou muito bem de você senhorita, Naomi, ele me disse que está na metade da faculdade, e isso é ótimo, procuro estagiári
Ler mais
Sem ar - Cap. 8
Naomi Minha mãe tem pegado no meu pé, disse que estou muito magra porque estou trabalhando demais, mesmo exausta, a única coisa que me tira todo o stress do dia é chegar em casa e brincar com a minha princesinha. Nas últimas semanas está uma correria no escritório, houve uma mudança no quadro de advogados e alguns saíram, agora preciso arrumar mais dois advogados pra ontem.─ Adrian, por favor, marque uma reunião com os advogados que o departamento do RH enviou para seu e-mail ─ pedi ao Adrian pelo ramal do telefone, estou tão atolada de trabalho que parece que minha cabeça vai explodir.─ Sim, senhora!O dia está tão corrido que não tive tempo de almoçar direito, minha mãe está certa, preciso me cuidar, depois que resolver a questão dos acionistas as coisas ficarão mais tranqui
Ler mais
Leve feito pluma - Cap. 9
Naomi            ─ Esses dias tenho me sentido sufocada, doutora. A única coisa que consigo fazer é trabalhar e trabalhar, estou exausta, sabe quando você olha em frente ao espelho e não consegue se enxergar, não consigo ter uma perspectiva de mim mesma, e isso está me deixando assustada.─ Naomi, sem pensar muito, me responda o que você quer? ─A doutora perguntou e eu não soube responder, ou talvez não quisesse aceitar a resposta.─ Eu não sei!─ Sabe sim, não estou aqui para te julgar, vamos entender o que sente e tentar lidar com isso! ─ Engoli seco e respondi.─ Quero esquecê-lo, quero me libertar desse amor que me assola há tanto tempo!─ Não acho que queira esquecê-lo!─ Por que não consigo me libertar disso, eu tentei, tento at&eacut
Ler mais