Amo-te em Hebraico

Amo-te em HebraicoPT

Banny de Castro  En proceso
goodnovel4goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
38Capítulos
143leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Em "Ani Ohev Otach" (eu te amo, em Hebraico), a Vila da Ganda, interior da província de Benguela, é palco de uma história de amor adiado a partir do momento em que Micaela impõe para se casar uma condição: ser cortejada de maneira especial. A celebração teria de ser em Hebraico, dado o fascínio que ela nutria pelo idioma de Israel que só conhecia através de relatos bíblicos. Desesperado, Domingos percorre a Vila e arredores à procura de entidades capazes de demover a noiva de uma tão remota exigência. Por Gociante Patissa (Escritor e Blogger), 2015.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
38 chapters
E começou o Romance
Tudo começou assim, de uma maneira um tanto quanto esquisita. Numa manhã de céu aberto e de sol resplandecente prometendo calor para mais tarde. Comigo sentado, a apreciar o ambiente e a apanhar ar, no jardim da cidade da Ganda. Não sei como foi que ela localizara-me, se por telepatia ou por mistério, porque eu estava sozinho e até onde me lembro ninguém sabia da minha localização. Mas já sei que há muitas perguntas sem respostas e, por isso, deixa estar.Descobri o seu vulto cedo, imediatamente quando alcançou o meu campo visual, a uns cem metros de distância. Lá vinha ela, caminhando, como sempre, decidida e firme. Como quem pensa que a terra que pisa é sua propriedade e sabe que não vai tropeçar. Mas tudo começa quando ela acerca-se de mim desferindo sem preâmbulos uma absurda proposta. Mas nesse momento ainda não me
Leer más
Apelo ao padre
Inusitadamente, acordei muito cedo no dia seguinte, como se tivesse adormecido cedo no dia anterior, liguei imediatamente o computar e conectei o modem. Comecei fazendo frenéticas pesquisas sobre a língua. Imediatamente na primeira pesquisa confirmei que só mesmo um milagre me faria aprender tal idioma.Por exemplo: a língua hebraica não se escreve como se escreve a língua portuguesa e demais línguas românicas. E, ao invés de escrever-se da esquerda para a direita, escreve-se da direita para esquerda e esse fator constituía para mim, além da estranha peculiaridade dos sinais gráficos, um grande obstáculo; interpretar aquilo era como se me obrigassem a decifrar e a transcrever os sons de um macaco ou de outro selvagem qualquer. Passei média de duas horas no meu computador, pesquisando e tentando compreender esse enigma que é a língua dos hebreus. A seguir, um monte de informações sobre a língua. Há muita história em torno da língua hebraica. Mas não era isso
Leer más
Shalom
Largado o móvel, olhei mais uma vez, abstrato, para os sinais que constituem o alfabeto hebraico e imaginei o rosto e o ser da Micaela, a única mulher que eu amava no mundo e no universo. Esperando que essa imaginação me desse devoção necessária para entender no mais curto período de tempo aqueles sinais. Portanto, a minha atenção ficou distribuída para o computador e para a imaginação de Micaela. E, na imaginação, enquanto encarava as letras no ecrã, eu ia cometendo um monte de loucuras, próprias de uma imaginação obsessiva: tentava agarrá-la, prendê-la e estreitar os nossos lábios; por um triz ia eu beijar o ecrã do computador, os sinais do alfabeto hebraico. Concentrei-me depois e fiquei a pensar no que é que ela acharia disso, de eu estar a pensar nela com desejos mundanos. Não pode! Uma brilhante ideia, como um raio de chuva em meio da tempestade, alumiou a minha mente e atribuiu-me uma nesga de alegria: E como é que eu poderia escrever “eu amo você, Micaela”
Leer más
O verbo escondido
“O VERBO SER NO HEBRAICOEhyeh (hebraico: אֶהְיֶה)Devido ao mandamento de não pronunciar o nome do Criador em vão, desenvolveu-se entre os Yaohudim um profundo sentimento de reverência para com esta palavra, para com o verbo ser, de forma que a pronúncia correta tornou-se restrita.No entanto, a tradição judaica entende que o verbo SER pertence somente a YHWH. Só YHWH É. Essa teoria é baseada no Êxodo 3:14 e para os Yaohudim o significado desse verbo nessa passagem é que YHWH é aquele que tem existência própria, existe por si mesmo, é o imutável, aquele que causa todas as coisas, é auto existente, aquele que é, que era e o que há-de vir, o Eterno.”E de acordo com a tradição judaica o nome do Criador, YHWH, tem raiz na terceira pessoa do imperfeito no singular do verbo Ehyeh. O termo Ehyeh (hebraico: אֶהְיֶה) vem do verbo Hebraico (Ahayao), que significa “ser”, “estar”, “existir”, “tornar-se” e “acontecer”. Este verbo que aparece no texto hebraico é util
Leer más
O padre Júlio entra em cena
No dia posterior acordei mais uma vez cedo, muito mais cedo que no dia anterior. Era como se quisesse eu fugir de aflições e pretendesse refugiar-me nas palavras, nas palavras hebraicas, do antigo testamento. Pois era nelas onde eu agora encontrava consolo e refúgio. O padre Júlio me tivera negado ou não tinha assumido que me queria ajudar, e eu evitava a consciência disso, pois me atormentava saber que eu tinha sido negado por alguém como ele, cujas boas obras suplantavam as do santo mais pio que já existiu.Enquanto olhava mais uma vez, abstrato, para os sinais hieroglíficos que se traduzem no alfabeto hebraico, tentando descobrir um pequeno significado, uma pequena revelação, ou seja, uma ideia, uma lembrança da minha infância e adolescência assomou a minha consciência: quando eu frequentava a escola, tinha o hábito de reescrever a matéria em casa para memorizá-la, e esse método se me tinha revelado frutífero e ajudara-me muito. Sendo assim, seguindo esse exemplo,
Leer más
Big Bang de Deus
- Então, como te chamas mesmo? – inquiriu.- Mingo… Domingos, senhor padre! – respondi atabalhoadamente.- O. K. Domingos. Bravo! Seja bem-vindo à nossa casa, estás à vontade – aconselhou, como se tivesse notado o meu embaraço e acanhamento. - Muito obrigado, senhor padre. – Confesso que quando disse obrigado o fiz com uma ligeira inclinação da cabeça, uma não muito ligeira vénia. A presença do padre Júlio em corpo e alma se me imponha ou me obrigava ao respeito e veneração. Tentei focá-lo nos olhos, mas era inútil. Era impossível encarar com ele frente-a-frente como tenho encarado com o resto das pessoas com quem tinha convivido. O seu olhar era mais forte, mais penetrante, do que o de qualquer ser humano que até ali eu conhecera.- O que é mesmo que pretendes ou precisas? Já me esqueci do que disseste ontem. Mas talvez… espera – pôs-se, estranhamente, a pensar – ãh, falaste sobre a Micaela e qualquer coisa sobre o hebraico, é claro?- Sim senhor padre
Leer más
A torre de Babel
“Em toda a terra havia somente uma língua, e empregavam-se as mesmas palavras. Emigrando do oriente, os homens encontraram uma planície na terra de Chinear e nela se fixaram. Disseram uns para os outros: vamos fazer tijolos…”O capítulo seguinte diz que depois o Senhor, Deus, desceu. Ficou surpreendido pelo que viu da torre e achou por bem destrui-la. Aquilo constituía um grande atentado ao seu poder sobre a humanidade. Sim, pois ele disse: “Constituem apenas um povo e falam a mesma língua. Se principiaram desta maneira, coisa nenhuma os impedirá, de futuro, de realizarem todos os seus projetos.” O que eu estava a ler na bíblia me estava a despertar a consciência para as metáforas do padre Júlio, talvez fosse também benéfico para compreender a Micaela. Mas, meu Deus!, Será que a Micaela achava-me imensamente soberbo a ponto de… de me fazer perceber a ira de Deus contra a humanidade? Eu ainda não achava que essa história contada na bíblia tivesse alguma coisa a ver comigo
Leer más
O pequeno leitor de romances policiais
A minha casa ficava distante da dele por meio quilómetro. Percorri-o pressuroso e alheado. Conhecera o Ndonho naquele dia em que ele fora à igreja e o padre Júlio Dinis dissera que o homem é imagem e semelhança de Deus. Achara curioso a forma como contorceu as feições quando deparara com ele à saída da Igreja e por um instinto de curiosidade tinha-lhe furtivamente seguido os passos nessa ocasião, porque achei-o muito esquisito e suspeitava que pudesse acontecer qualquer coisa errada e ou nefasta se ele caminhasse abandonado. Acompanhei-o à distância, evitando a custo ser percebido, até sua casa; só quando tinha visto ele entrando, entrementes, numa casa, é que eu voltara para a minha. E valera muito esse gesto, pois hoje podia procurá-lo sem dificuldade de localizar a sua casa. Quando bati a porta e esta foi imediatamente aberta, foi a senhora Ngeve, a
Leer más
Micaela misteriosa
Mas porém, antes de chegar em casa tomou conta de mim a ideia de ir a procura, naquele mesmo instante, da Micaela. Sim, havia já muito tempo que eu não falava para ela, desde o dia em que me fizera a proposta que não conversávamos. Estava mesmo necessitado de visitá-la naquele momento e fui, a pé, percorrendo os quatro ou cinco quilómetros ida e volta, ao Indongo. A minha presença a surpreendeu. Não esperava por mim àquelas horas, madrugadoras, do dia, claro.- Tu, por aqui, agora?Ao invés de respondê-la, entretivera-me a pensar na imprudência que cometera. Eu devia ter vindo munido de algumas palavras hebraicas para demonstrar que eu estava mesmo a estudar. Descobri que eu estava a cometer uma burrice, que ao invés de ficar a estudar o vocabulário, memorizando palavras, estava a estudar a história do língua hebraica, e por isso não estava a aprender o que ela, a Micaela, me propusera ou queria que aprendesse. É claro que já tinha encontrado a pronúncia das letras do
Leer más
Um velho escritor no submundo
O MAIS VELHO TCHIVELA ENTRA EM CENAFindo o almoço o Ndonho conduziu-me à “pessoa idónea que nos poderia ajudar”. Levou-me ao bairro Silvino Centro, a uma casa de adobes não cimentada, nem no chão nem nas paredes, carcomida pela chuva, pelo vento e pelo efeito do tempo. Aquela casa deveria existir desde havia no mínimo 40 anos, com a tempo de vida útil já ultrapassado havia muito tempo. E não era casa no verdadeiro sentido to termo. Ou seja, não era uma casa convencional, era uma cubata. Pensei se aquilo, aquele tipo de casa, não constituía atentado a vida humana e a segurança pessoal. Posto ali perguntei-me sobre o que é que as organizações nacionais e internacionais que lutam por valorização da vida humana faziam.  E, posto dentro da casa, a pessoa que lá se encontrava era ainda, à primeira vista, mais pesarosa, mais desgraçada, e… Achei estranho que a minha felicidade dependesse de pessoas como elas, como esse mais velho, empertigadamente imóvel, zigomático, com a fac
Leer más