A Procura da Felicidade

A Procura da FelicidadePT

Renata Gonzaga  Completo
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
53Capítulos
18.3Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Kate perdeu os pais em um acidente de carro, único parente perto é seus irmão que lhe deu as costas em um momento que ela precisava dele, ela mudou de cidade com sua amiga Anna, mais o que kate não sabia era que sua vida mudaria depois de conhecer Caleb, com suas imperfeições mais que ama cada detalhe em seu corpo e sua personalidade, em poucas palavras ele ama ela.

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
53 chapters
cap 1
 Abro os olhos com o som do despertador, pego o celular e desligo o alarme, que saco, todos os dias é isso. "Anda kate, nós estamos atrasadas" Anna fala já terminando de se arrumar "Que saco, todos os dias é isso, não aguento mais aquela faculdade" Levanto reclamando "Você acha que vai passar de ano se estiver deitada nessa cama? Pergunta jogando um travesseiro em mim enquanto eu Vou ao banheiro, tomo um banho rápido, e em poucos minutos estou terminando de me arrumar "O Edgar disse que está afim de você" Fala enquanto eu leio um livro no caminho da faculdade, ela tem carro próprio o que facilita nossa locomoção no dia a dia "Você sabe que eu não quero ninguém! Exclamo sem
Leer más
cap 2
"Olha se não é a protegida da professora Graziela" Ele se aproxima de mim e eu me sinto sufocada, não gosto que as pessoas invadam meu espaço "Se afasta por favor" Peço dando passos para traz, mais tem um dos amigo dele que está atrás de mim "Vamos Caleb" O outro amigo que estava perto dele chama "Ainda não, quero conversar com ela" Fico sufocada com a aproximação deles "Me deixa por favor, eu só quero ir para a sala" Peço de cabeça baixa "E você vai bebê, mais antes quero só te dar bom dia" Ele pega meus livros e os j**a no chão, seu sorriso de deboche me enoja, vou pegar um dos livros que está perto de mim, quando me abaixo para pegar o amigo dele que estava por traz de mim os
Leer más
cap 3
 A minha noite com a Anna estava perfeita, o filme já estava quase no final e nós duas já estávamos no quarto saco de pipoca, está ao lado dela me faz esquecer um pouco os problemas.  "Pegarei outra pipoca tá" Digo e ela faz que sim com a cabeça.  Saio devagar para ninguém falar "sai da frente" ou coisa do tipo, quando finalmente consegui sair, segui calmamente para a barraca de pipoca, mais antes que eu pudesse chegar no meu destinatário, fui puxada."Me solta, Você? Pergunto com medo do quem segue.   "Estava com saudade meu anjo? Sua voz fria faz meu coração esfriar, não sei por que ele me causa tanto medo.  "Me solta, eu... me deixa em paz por favor" 

Leer más

cap 4
 Estava saindo da faculdade quando ouço a voz da Lorena me chamar, combinei com ela de nós irmos estudar no final de semana. "Oi" Diz ao se aproximar de mim "Tudo bem? Pergunto e ela sorrir "Sim, está tudo bem, e aí vamos estudar no final de semana? "Sim, mais só posso depois das duas da tarde, vou trabalhar na parte da manhã" Digo e ela parece ficar ainda mais feliz "Está ótimo, e se você não for fazer nada anoite, nós poderíamos ir a uma festa, pode chamar aquela garota que sempre anda com você" "Eu não gosto muito de festa" Realmente eu não gosto mais de festa "Vai s
Leer más
cap 5
Ohana  Em toda a minha vida, eu nunca imaginei que alguém pudesse fazer uma coisa dessa com a kate, a pessoa mais doce e simpática que eu conheço, nós somos amigas dês de sempre.  Quando entrei naquele quarto e vi minha amiga ensanguentada, e com o rosto vermelho, eu sabia que ali ela tinha acabado de perder o chão, mesmo eu estando ao lado dela, mesmo eu sempre lhe apoiando em tudo, nada do que eu faça agora vai mudar o que aconteceu, ela já carrega nas costas a culpa por seus pais ter morrido, mesmo a culpa não tendo sido dela, ainda o irmão idiota abandona ela. O Will deixou ela na nossa casa e pediu que eu ligasse para ele se precisasse de alguma coisa. Ela está trancada no banheiro, a duas horas, já chamei mais ela não responde, e por mais que eu saiba que ela precisa de tempo, eu não posso fic
Leer más
cap 6
 Já fiz duas seções de terapia, e cada dia que passa eu me sinto mais viva, não foi fácil falar sobre a minha vida, mais a Anna estava comigo e eu me senti bem estando com ela.O nome da médica é Virgínia, e ela me parece familiar, mais não lembro de já ter visto ela, os cabelos claros olhos azul, só não me lembro onde vi ela. Só falei o que aconteceu recentemente, ainda não consigo falar sobre a morte dos meus pais, mais isso já me aliviou um pouco, ela me explicou que tudo vai me causar pânico, mais eu preciso encarar as coisas de frente, e é isso que vou fazer, amanhã mesmo irei para a faculdade, fácil eu sei que não vai ser, mais vou encarar as coisas de cabeça erguida. "Eu achei ela muito legal" Anna fala enquanto voltamos para casa "Estava pensando de nós irmos no parque" Quero recomeçar a minha vida

Leer más

cap 7
Ohana  Até que estava tudo indo muito bem, a kate voltou a trabalhar, e estudar, os pesadelos tinha acabado, a vida estava voltando ao normal, mais do mês passado para cá, tudo mudou ela começou a passar mal, não come direito, já desmaiou uma vez e os enjoou estão constantes, por mais que eu saiba o que está acontecendo, eu não tenho coragem de falar, só de pensar me dá uma dor no coração, ela nunca vai aceitar isso, ou seja ele(a) ainda não comentei com ela, por que sei o quanto isso é delicado, mais eu tenho certeza que ela está grávida. "Estômago ruim de novo kate? Pergunto encostada no batente da porta do banheiro, onde ela está debruçada no vazo "Sim, acho que a lasanha de ontem fez mal" Mais uma vez ela acha que é comida

Leer más

cap 8
 Olho novamente para o exame em minhas mãos, a coragem de abrir me faltou assim que peguei ele, mesmo eu já sabendo o que tem dentro, eu não quero abrir e ver com meus olhos, a minha menstruação está atrasada, todos os dias estou enjoada, e fora as tonturas sem motivos, não tenho dúvidas quanto à isso. "Kate pelo amor de Deus, abre logo" Anna fala depois de meia hora "Eu não tenho coragem amiga, isso daqui é... Eu não sei o que é" Falo já sentindo minha garganta fechar e meus olhos se inundaram de lágrimas novamente, minha vida está assim, chorando sempre, primeiro por a perca dos meus pais, depois o abandono do David e agora por isso, eu não quero um bebê agora, como eu vou conseguir fazer minha faculdade, como eu vou realizar meu sonho? Eu não preciso de uma criança agora. "V
Leer más
cap 9
 A chuva fina molhava o para-brisa  enquanto eu seguia para a casa da kate, espero encontrar ela em casa, hoje é sábado e não tem aula, então é uma bela tentativa, a casa dela  fica bem afastada, mais hoje eu encontro ela, mesmo eu não sendo uma pessoa boa o suficiente para ser um pai, eu não vou deixar que ela tire um filho meu.  Chego no endereço que o Will me deu, olho para a faixada da casa, é uma casa pequena, mais bem arrumada, alguns jarros de plantas na frente, uns pendurados e outros no chão,  saio do carro e ando devagar até a porta, dou três batidas na porta e ouço a porta ser aberta. "Você? A amiga dela pergunta com os cabelos ruivos no rosto "Sim, quero falar com a kate" Ela sorrir sem humor, ela sai fora da casa e tranca a porta por traz delaLeer más
cap 10
 Estávamos a caminho da minha casa, ela não falou uma palavra depois que saímos da casa dela, nem mesmo a amiga dela consegui fazer ela falar. Quando parei o carro no portão da minha casa ela pareceu ficar em pânico. "Aqui é sua casa? Pergunta segurando forte no banco do carro "Sim" Sei que ela está desse jeito por as lembranças que ela tem daquela noite "Eu não quero entrar" Fala tirando o sinto "Kate calma, eu vou ficar com você" Anna fala pegando no braço dela "Eu não quero entrar nessa casa, por favor...  Olho nos olhos dela e vejo medo neles, penso por um tempo e dou ré no carro, não quero forçar ela a nada, sei
Leer más